DPVAT: pedidos de indenização podem ser feitos por telefone ou via aplicativo

Mesmo com a pandemia do coronavírus, as vítimas de acidentes de trânsito e seus beneficiários podem dar entrada no Seguro DPVAT sem a necessidade de sair de casa

Durante a pandemia de coronavírus o DPVAT pode ser acionado (Foto: Agência Brasil)

Mesmo durante o período de distanciamento social, por conta da pandemia do novo coronavírus, as vítimas de acidentes de trânsito e seus beneficiários podem dar entrada no Seguro DPVAT sem a necessidade de sair de casa.

Assim, a Seguradora Líder está disponibilizando mais um canal para envio dos pedidos: a Central de Atendimento telefônico. O atendimento está disponível, exclusivamente para as vítimas de acidentes de trânsito e seus beneficiários, de segunda a sexta, das 8h às 20h. E ainda por meio dos telefones 4020-1596, para capitais e Regiões Metropolitanas, e 0800 022 12 04, para outras Regiões.

De acordo com a assessoria de imprensa da seguradora, pelo telefone, será feito um pré-cadastro. Assim, um e-mail será enviado para o beneficiário com as orientações para o envio da documentação necessária. Todos os documentos devem ser encaminhados para a Seguradora Líder por e-mail. Se a documentação estiver completa e correta, o pedido é cadastrado e segue para análise da Seguradora Líder.

Além disso, outro canal para envio dos pedidos de indenização por morte e invalidez permanente ou reembolsos de despesas médicas (DAMS) é o aplicativo “Seguro DPVAT”. Assim, o app, está disponível para download gratuitamente nas lojas “Google Play” e “Apple Store”. Assim, também permite que o usuário acompanhe o andamento dos pedidos e envie documentos complementares solicitados.

No primeiro acesso ao aplicativo é preciso selecionar o perfil “Sou vítima, beneficiário ou representante legal” e depois preencher o cadastro. Em caso de dúvidas, todo o detalhamento de como utilizar a ferramenta pode ser encontrado em um vídeo tutorial, no canal do Youtube do Seguro DPVAT.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

INVESTIGAÇÃO

CGE investiga se servidores retiraram auxílio emergencial indevidamente

NOVIDADE

Caixa Tem possibilita que beneficiários façam compras em lojas físicas

LUTO NO JORNALISMO

Morre o jornalista Gilberto Dimenstein, vítima de câncer no pâncreas

Comentários