Dupla age contra pedestres em Guarapuava

A dupla roubou uma mochila e um celular da primeira vítima. Em seguida, eles roubaram um outro pedestre. Um adolescente de 17 anos foi apreendido

Dupla faz roubos contra pedestres em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

Andar a pé por algumas ruas em Guarapuava nem sempre é tão seguro no período da noite. Um exemplo disso ocorreu na noite dessa segunda (29), quando dois pedestres foram atacados por ladrões. De acordo com a Polícia Militar, por volta das 20h30, um homem de 29 anos que caminhava pela avenida Ver. Sebastião de Camargo Ribas – no bairro São Cristóvão, foi abordado por dois ladrões.

Conforme relato da vítima, um deles vestia moletom verde e o outro estava com blusa preta e bermuda de cor escura. Os dois anunciaram o roubo. O ladrão de blusa preta segurou a vítima, enquanto o outro armado com faca pediu a mochila e o celular do pedestre.

SEGUNDA VÍTIMA

Os ladrões fugiram em seguida. Porém ele não foi a única vítima dos ladrões. Pouco tempo depois, um homem de 24 anos, também foi surpreendido pelos mesmos ladrões nas proximidades da Igreja Santos Anjos. De acordo com relato feito aos policiais, eles tinham as mesmas características e um deles estava com uma pedra.

Os ladrões ameaçaram o pedestre e pediram celular e dinheiro. Depois fugiram. Um deles correu sentido Bairro Moriá e o outro teria pulado no terreno de uma residência. Assim, as equipes do Pelotão de Patrulhamento de Trânsito e do Choque localizaram um dos ladrões.

O adolescente de 17 anos estava escondido no pátio de uma casa na rua das Macieiras. Ele estava com uma mochila preta e um celular, que foram reconhecidos pela primeira vítima. Por fim, o adolescente e os objetos recuperados foram entregues na 14ªSDP, para as devidas providências. O outro ladrão não foi encontrado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ATÉ 10 DE JULHO

UTFPR tem 148 vagas em 4 cursos em Guarapuava pelo Sisu

EPIDEMIA DE VIOLÊNCIA

Crescente número de violência contra mulher alerta autoridades

AVANÇO

Apenas duas cidades da 5ª Regional não têm suspeita de covid-19

Comentários