Em breve, 150 famílias terão as primeiras ligações do esgoto sanitário em Turvo

Obra segue com a construção da estação de tratamento. Prefeito busca novos recursos para ampliar a rede coletora

(Foto: Stocco/RSN)

Cento e cinquenta famílias que moram na sede do município de Turvo, a 38 quilômetros de Guarapuava, serão as primeiras a ter esgoto sanitário. Apesar de estar às vésperas de completar 38 anos, o município ainda não tinha rede coletora.

De acordo com o prefeito Jerônimo Gadens do Rosário (PR), a obra que terá investimento de R$ 3,5 milhões, nesta primeira etapa, nos próximos dias, entra na fase de construção da estação de tratamento.

Segundo o prefeito, se saneamento básico é sinônimo de saúde, em Turvo, isso se acentua ainda mais. “Nosso município tem solo raso, formação rochosa e água em outros pontos, o que impede de se ter o sistema domiciliar de fossas sépticas, causando problemas de saúde e ao meio ambiente”.

Iniciada em 2017 após Jerônimo renovar a concessão com a Sanepar, o prefeito conseguiu antecipar a proposta prevista pela empresa estatal para iniciar somente em 2022.

Com cerca de dois mil habitantes na área urbana, para que sejam contempladas mais famílias, o prefeito já está em negociação com a Fundação Nacional da Saúde (Funasa), órgão do Governo Federal, em busca de novos investimentos.

Confira a entrevista em vídeo.

 

Relacionadas

NOVAS REGRAS

PRF informa sobre regras para quem vai passar pela Ponte da Amizade

REFORMA AGRÁRIA

Incra libera créditos para famílias quilombolas do 'Paiol de Telha'

SEM ÁGUA

Temperatura elevada e baixa reservação afetam abastecimento em LS

Comentários