Em dia de recordes, Governador ‘puxa o freio’ em 134 municípios do PR

Nesta terça, o Paraná registra recorde de novos casos e de mortes em 24 horas. Governador anuncia medidas restritivas em sete das 22 regionais de saúde

Em dia de recordes, Governador ‘puxa o freio’ em 134 municípios do PR (Foto: Reprodução/Facebook)

No dia em que o Paraná registra recordes de novos casos e de mortes em 24 horas, o governador Carlos Massa Ratinho Junior, anuncia medidas drásticas em sete das 22 regionais de Saúde do Estado. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, nesta terça (30), são 1.536 novos casos e 36 mortes confirmadas de ontem (29) para hoje (30).

Conforme o governador, para conter esse avanço e evitar um colapso no sistema de saúde, a partir desta quarta (1) passam a valer medidas drásticas em 134 municípios paranaenses. Isso significa que atividades consideradas não essenciais estão suspensas por 14 dias. Porém, se necessário for, pode ser prorrogável por mais sete dias.

De acordo com o secretário de Saúde, Beto Preto, as regionais atingidas são:  Cornélio Procópio, Londrina, Cianorte, Toledo, Cascavel, Foz do Iguaçu e a Grande Curitiba. Estas regionais concentram 75% dos casos no Estado. Portanto, Guarapuava e outros municípios da 5ª Regional de Saúde, ficam de fora dessa restrição.

MEDIDAS

As medidas anunciadas nesta atingem, atividades econômicas não essenciais. Assim, está suspensa a abertura de shoppings, galerias, comércio de rua, feiras, salões de beleza, academias, bares, casas noturnas.

De acordo com o governador, o atendimento do transporte público também será parcial. Ou seja, somente poderão circular transportando funcionários dos serviços considerados essenciais e conforme a quantidade de assentos.

Conforme as restrições, também fica proibida a circulação de pessoas em ruas das 22h às 5h. E quem quiser ir às compras em supermercados, deverá se programar. O atendimento será de segunda a sábado, das 7h às 21h. Somente será permitida a entrada de 30% da capacidade total. O controle será por senhas.

Assim como já vem ocorrendo em outros municípios, a exemplo de Guarapuava, o acesso será limitado a uma pessoa da família. A entrada de menores de 12 anos está proibida. Já, restaurantes e lanchonetes poderão atender somente no sistema drive-thru, delivery ou take away (retirada no balcão).

Porém, entre outras medidas, está suspenso o funcionamento de serviços de conveniência em postos de combustíveis. Entretanto, a exceção fica por conta das rodovias.

Conforme a Agência Estadual de Notícias, o decreto na íntegra só será divulgado após trâmite interno no Governo.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

100 DIAS DE COVID

33% dos pacientes positivados em Guarapuava já estão curados

RECORDE

PRF apreende 66 toneladas de drogas no PR no 1º semestre de 2020

SAÚDE

Municípios da 5ª Regional ainda tem casos de sarampo em investigação

Comentários