Em Rio Bonito do Iguaçu, captura de morcego com vírus da raiva traz alerta à população

Até o momento, não há registros da doença em outros animais do município

O resultado positivo para o exame de vírus da raiva realizado em um morcego hematófago capturado em outubro de 2018 em Rio Bonito do Iguaçu traz um alerta à população sobre os cuidados necessários para humanos e outros animais. Na época, segundo a responsável pela vigilância epidemiológica do município, Lidiane Rossi, o animal foi capturado na residência de uma agente de saúde, que avistou o animal a luz do dia.

“O aparecimento destes animais ao longo do dia é um indicativo de doença, já que eles possuem hábitos noturnos. Após a captura, nós enviamos os materiais para exames junto a Adapar e a 5ª Regional de Saúde em outubro e, agora, recebemos o resultado positivo para o vírus da raiva”, declarou.

De acordo com a médica veterinária de Rio Bonito do Iguaçu, Fabíola Facco, o último caso ocorrido no município foi registrado há cerca de três anos, quando um bovino de uma propriedade do interior veio a óbito. Até o momento, segundo as profissionais, não há relatos de ataques do morcego a animais. Porém, como o local onde o morcego hematófago foi capturado era próximo a região de mata e de outras propriedades rurais, é preciso atenção.

Considerando, também, que o período de incubação da raiva é de 120 dias e que o período ainda não foi cumprido, a secretaria de saúde local alerta a população em relação a mudanças comportamentais de seus animais.

Segundo a secretaria, é importante manter-se longe de morcegos, sobretudo os hematófagos, que se alimentam de sangue e são responsáveis pela transmissão do vírus em bovinos e humanos. Ao avistar um morcego durante o dia, a orientação da equipe é para entrar em contato com a vigilância sanitária do município para que sejam tomadas as providências adequadas. É válido destacar que matar o animal é considerado crime.

É importante que a população mantenha seus animais vacinados e em caso de identificação da presença de morcegos hematófagos na residência ou propriedade que jamais se tente capturar o animal.

Relacionadas

NÃO PARA

Saúde de Irati registra mais uma morte por covid-19

VAMOS PARTICIPAR?

Oficina on-line de ginecologia natural ocorre neste sábado (28)

QUE VENHA DEZEMBRO

Último fim de semana de novembro será chuvoso em Guarapuava

Comentários