22/08/2023
Cotidiano Economia Em Alta Guarapuava

Empregos despencam em Guarapuava e dezembro fica no ‘vermelho’

Dezembro teve resultado negativo de 261 vagas de emprego. Os setores Construção, Serviços e Indústria tiveram maior impacto, aponta Caged

Índice de desemprego apresenta queda no Paraná (Foto: Reprodução/Pexels)

O saldo de empregos despencou em Guarapuava e fez com que dezembro de 2023 fechasse no ‘vermelho’. O Ministério do Trabalho divulgou os dados do Novo Caged nesta terça (30), que apontaram o resultado negativo com 261 postos de trabalho encerrados. Dezembro contou com 2.016 desligamentos, diante de apenas 1.755 contratações. O último mês do ano é conhecido por ‘agitar’ o setor de empregos, por causa das vagas temporárias e das festas. No entanto, a maior parte dos setores teve um saldo abaixo de zero.

De acordo com os números, o segmento que se destacou com bom resultado foi a Agropecuária, com a criação de 51 vagas de emprego. Houve 133 pessoas demitidas, enquanto 184 conseguiram uma oportunidade no mercado. Apesar disso, o setor desacelerou em comparação a novembro de 2023, quando o saldo era 150. Ou seja, a queda representa 66%.

Logo depois, vem o Comércio com um saldo positivo de 32 postos de trabalho. Apesar da movimentação no fim de ano com as compras de Natal e Ano Novo, o setor teve apenas 693 admissões, sendo que 661 pessoas perderam o emprego.

IMPACTO NEGATIVO

Os resultados positivos não conseguiram amenizar os impactos dos setores que fecharam no ‘vermelho’. Especialmente na Construção Civil, houve 224 demissões e 50 contratações com carteira assinada. Assim, o segmento teve um saldo de 174 vagas de trabalho encerradas.

Além disso, Serviços não se saiu melhor, pois teve a diferença de 121 oportunidades de emprego. Isso porque houve 534 contratações frente a 655 demissões. Sendo que em novembro, o setor ainda tinha resultado positivo, mas era de apenas 19 vagas.

A Indústria também vai precisar se recuperar em janeiro de 2024, pois dezembro de 2023 teve saldo negativo. O último mês chegou a ter 49 postos de trabalho fechados, com 343 desligamentos e 294 admissões com carteira assinada. Vale lembrar que este já é o segundo mês consecutivo no ‘vermelho’. Em novembro, o Novo Caged apontava resultado negativo de 58 vagas na indústria.

PARANÁ

O Paraná também teve um saldo com número negativo de 34.894 oportunidades de trabalho encerradas. O Estado teve 144.526 desligamentos, enquanto 109.632 paranaenses conseguiram uma vaga no mercado.

No Brasil, a economia também teve uma desaceleração com a diferença de 430.159 vagas de emprego. O país teve 1.932.722 demissões e 1.502.563 contratações. No ano todo, o Brasil gerou 1,48 milhão de empregos com carteira assinada, de acordo com os dados do Novo Caged. Mesmo assim, os números representam uma queda de 26,3% em relação a 2022, quando houve a criação de 2,01 milhões de postos de trabalho.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Vallery Nascimento

Jornalista

Jornalista formada desde 2022 pelo Centro Universitário Internacional - Uninter. Além do amor pela comunicação, ela também é graduada em Letras com habilitação em inglês. Apresenta o Giro RSN de segunda a sexta, às 18h nas redes sociais do Portal RSN.

Relacionadas

A missão da RSN é produzir informações e análises jornalísticas com credibilidade, transparência, qualidade e rapidez, seguindo princípios editoriais de independência, senso crítico, pluralismo e apartidarismo. Além disso, busca contribuir para fortalecer a democracia e conscientizar a cidadania.