Estudantes da rede estadual já podem ter aula pela TV e pelo YouTube

As aulas serão retransmitidas via TV aberta por meio da RIC Paraná e pelo canal do YouTube da Coordenação de Tecnologias Educacionais das 8h15 às 16h25

Estudantes da rede estadual já podem ter aula pela TV e pelo YouTube (Foto: Reprodução/RSN)

Os cerca de um milhão de estudantes devidamente matriculados em 2.134 colégios da rede estadual de ensino do Paraná, não terão o processo de aprendizagem prejudicado em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Assim, a partir desta segunda (6), as aulas do sexto ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, serão retransmitidas via TV aberta por meio da RIC Paraná e pelo canal do YouTube da Coordenação de Tecnologias Educacionais das 8h15 às 16h25. Porém, é necessário fazer uma busca de canais digitais na TV e escolher o canal que transmitirá o conteúdo da ano letivo.

GUARAPUAVA

De acordo com a chefe do Núcleo Regional de Educação de Guarapuava (NRE), Edil Espinola, o ensino a distancia (EaD) é a melhor opção neste momento. “Nossos alunos não ficaram afastados dos livros e do ensino mesmo com as determinações de isolamento social. Estamos trabalhando. Porém, é essencial neste momento, que os pais e responsáveis orientem e acompanhem o cronograma de estudos dos filhos”.

Contudo, os alunos que não têm acesso aos meios tecnológicos como TV, smartphone ou internet, não precisam se preocupar. De acordo com a chefe do NRE , os diretores do colégios já foram orientados. Assim, este alunos estão cientes que deverão entregar o formato físico das atividades a cada 15 dias – junto com a cesta básica das famílias beneficiarias do Bolsa Família.

Entre os municípios que integram o NRE, Guarapuava é o que tem mais colégios estaduais. São 29 dos 59 espalhados em outros sete municípios. Por fim, o cronograma e horários das aulas, os link’s de acesso e todas as orientações sobre o formato adotado pelo Governo do Estado, estão disponíveis por meio deste site.

Só na NRE de Guarapuava são 29.312 estudantes matriculados na rede estadual de ensino (Foto: Jota Terres/RSN)

APLICATIVO

Conforme o secretário de Educação, Renato Feder, além da TV e do YouTube, os estudantes terão aulas por meio de um aplicativo. A plataforma Aula Paraná deveria ser utilizado a partir desta segunda (6).

Contudo, segundo o NRE, o aplicativo Aula Paraná ainda não está em funcionamento em função da Seed estar negociando com as operadores de internet móvel. O objetivo da secretaria é que o uso do aplicativo não consumo o pacotes de dados dos estudantes.

De acordo com a Seed, o aplicativo em desenvolvimento vai permitir interação entre estudantes e docentes. O professor terá liberdade para enviar materiais de estudo e links que ajudem a complementar o conteúdo.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

EXPANSÃO

UniGuairacá abre polos de ensino a distância em Irati e Ponta Grossa

BOA OPORTUNIDADE

Senac Guarapuava está com processo seletivo aberto

NOVAS REGRAS

Novas regras são divulgadas para as 50 mil vagas remanescentes do Fies

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com