Estudo independente desenha curva da covid-19 em Guarapuava

Conforme as análises minuciosas feitas pelo professor Felipe Azevedo, dos 386 casos confirmados em Guarapuava, apenas 51 são considerados ativos

Dados indicam curva em queda recorrente há 14 dias (Imagem: Reprodução)

Uma iniciativa independente do professor universitário e mestre em Administração, Felipe Azevedo, desenhou a curva e analisou o avanço da covid-19 em Guarapuava. Os dados, coletados diariamente, estão disponíveis no site. Conforme o professor, o número de novos casos na cidade está em queda há 21 dias.

Desse modo, as afirmações são baseadas nos números divulgados diariamente pela Secretaria de Saúde de Guarapuava. Assim, o número de novos casos na cidade já soma 28% de redução em relação à média de de 14 dias atrás. “O pico de novas confirmações foi no início de julho. No dia 2 de julho houve 39 confirmações de casos ativos. Neste dia, 169 pessoas tinham a possibilidade de transmitir a doença na cidade, esse número hoje (29) é de 51”.

Assim a média móvel dos casos em Guarapuava e de 5,14% nos últimos sete dias.

São considerados todos os casos novos diariamente, a partir da subtração do número total de casos do dia, em relação ao dia anterior. Como as confirmações são recebidas diariamente pelo Laboratório Central do Estado, eventualmente pode ser que em determinado dia cheguem um número maior de resultados, desta forma a média móvel é calculada a partir da média do número de casos sempre dos últimos sete dias. A média é necessária para desconsiderar o delay da divulgação dos resultados do exames.

Casos ativos são de 51 nesta quarta (29) (Imagem: Reprodução)

Além disso, conforme o professor que analisa os dados desde o início dos registros de casos em Guarapuava, as ações que estabeleceram restrições de serviços e isolamento foram efetivas e são um dos principais pilares para a tendência de queda da curva na cidade.

Pode-se perceber que a partir da inserção de políticas públicas que decretaram a obrigatoriedade de restrições, inclusive em reuniões de família, os casos regrediram.

NOVOS CASOS

Os últimos dados divulgados pela Saúde da cidade no fim da tarde de ontem (28), confirmaram 11 novos casos em Guarapuava. O que representa conforme a análise, cinco novos casos ativos na cidade. “A Secretaria faz o trabalho dela e divulga novos resultados que se dividem entre curados, liberados, novos casos e mortes, fazendo as deduções, chegamos ao denominador que representa apenas quantos casos ainda tem possibilidade de transmissão”.

Curva de recuperados mostra resultado eficaz de tratamento na cidade (Foto: Reprodução)

A curva em crescimento é do número de curados. Assim, conforme os dados, 386 pessoas já tiveram resultado positivo para a covid-19 em Guarapuava. Porém, mais de 85% dos pacientes já são considerados curados. Desse modo, 331 pessoas já estão curadas da doença.

“Os números de casos totais contra o número dos recuperados demonstra a eficácia do tratamento, pois o número de recuperados sobe proporcionalmente ao número de casos totais”. O primeiro caso confirmado em Guarapuava foi no dia 26 de março. O paciente morreu 75 dias depois da confirmação.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ENTRETENIMENTO

Shopping Cidade dos Lagos recebe Marcos Piangers para live beneficente de Dia dos Pais

MELHORIAS

Paranacidade beneficia 28 cidades da Região de Guarapuava

PRODUÇÃO INDUSTRIAL

De maio para junho, produção industrial cresce 8,9% no Brasil

Comentários