‘Família Acolhedora’ abre cadastro para participação de novas famílias

O 'Família Acolhedora' existe desde 2017 em Guarapuava e compartilha um lar entre famílias e crianças em situação de vulnerabilidade social

‘Família Acolhedora’ abre cadastro para participação de novas famílias (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Desde 2017, o Serviço ‘Família Acolhedora’ de Guarapuava compartilha amor, carinho, afeto e um lar entre famílias e crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Esse encontro possibilita a convivência familiar e a construção de laços afetivos. Assim, atualmente, 44 crianças estão em acolhimento familiar no município. Além disso, 27 famílias participam do Programa como acolhedoras habilitadas. Porém, para ampliar essa rede de amor, o serviço está com cadastro aberto para participação de novas famílias.

Para se inscrever não há restrições ao sexo, estado civil ou formas de composição familiar. É necessário, no entanto, ter no mínimo 21 anos e não estar inscrito no Cadastro Nacional de Adoção. Também é preciso residir no mínimo há um ano em Guarapuava, ter comprovante de renda e não ter antecedentes criminais.

Além disso, os interessados precisam fazer o processo de habilitação com capacitações. E ter um parecer psicossocial favorável, expedido pela equipe do serviço ‘Família Acolhedora’. Após este processo, a documentação da família interessada é encaminhada ao poder judiciário.

Conforme o edital, o período de inscrição segue até 30 de setembro. As famílias interessadas devem se inscrever na sede do Serviço ‘Família Acolhedora’. O endereço é rua Presidente Getúlio Vargas, nº 2077, Centro. O atendimento é das 8h30 às 11h30 e das 13h às 17h. Mais informações, ligue: (42) 3623-7915. Por fim, para acessar o edital completo, clique aqui.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

BUSCANDO JUSTIÇA

Mãe de preso encontrado morto no cadeião, quer justiça para 'curar' a dor

BOA AÇÃO

Projeto ajuda o meio ambiente e animais abandonados em Guarapuava

MAIS CHUVA

Dezembro deve ter início marcado por chuva em Guarapuava

Comentários