Filho agride mãe e depois ameaça atentar contra a vida em Guarapuava

Em outra ocorrência em Pinhão, a PM prendeu um homem depois que ele agrediu a mulher. Ela caiu sobre um fogão a lenha e sofreu queimadura

Filho agride mãe e depois ameaça atentar contra a vida em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

Um homem de 40 anos agrediu a mãe de 61 anos e depois ameaçou atentar contra a própria vida na noite desse domingo (20) em Guarapuava. A ocorrência de lesão corporal, violência doméstica, injúria e desacato ocorreu por volta das 22h45 no bairro Vila Bela.

De acordo com relato policial, uma equipe da Rádio Patrulha se deslocou até o endereço onde a idosa afirmou que o filho chegou em casa e passou a agredi-la com empurrões. O irmão conteve o agressor, porém ele continuou a injuriá-la.

Pessoas que estavam no local informaram aos policiais que o agressor estava dentro da casa e estaria ameaçando atentar contra a própria vida. Entretanto, a PM abordou o homem e o conteve. Ele apresentava lesão na orelha direita, além de sangramento no nariz e um hematoma na face.

O agressor recusou atendimento médico. Por fim, diante do interesse da mãe em representar contra o filho, a equipe policial encaminhou as partes até a 14ª SDP.

CASCAVEL

Também nesse domingo (20), um jovem de 24 anos agrediu a namorada de 18 anos no bairro Cascavel. A agressão ocorreu por volta das 13h15. De acordo com a vítima que mora com o namorado, o rapaz a agrediu pegando no pescoço dela, e se recusou a sair de casa.

No local, a equipe policial orientou a vítima quanto aos procedimentos cabíveis para representação legal. Contudo, a jovem não manifestou interesse na representação no momento. Informou aos policiais que apenas queria que o namorado se retirasse do loca.

Por fim, o agressor concordou e após arrumar os pertences se retirou da casa na presença da equipe policial.

PINHÃO

E na tarde desse domingo (20), a equipe policial se deslocou até o bairro Colina Verde em Pinhão para atender uma ocorrência de violência doméstica. Assim sendo, por volta das 16h, uma mulher de 37 anos, informou aos policiais que o marido de 45 anos, chegou em casa e começou a agredi-la.

Ao levar um empurrão, a mulher acabou sendo jogada sobre o fogão a lenha, causando queimaduras na mão direita. O agressor fugiu em um Peugeot Preto. Porém, logo após ele compareceu ao Pelotão da PM, alegando ter sofrido agressão da ex-mulher e de um parente dela.

O homem apresentava ferimento no olho esquerdo com sangramento. Por isso, recebeu orientação para ir até o hospital verificar a gravidade da lesão. Quando os policiais chegaram à unidade de saúde, constataram que a mulher recebia atendimento no local.

Por fim, a polícia prendeu o homem e o encaminhou à Delegacia de Pinhão para os procedimentos cabíveis.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

EM ALERTA

Procon de Guarapuava orienta sobre lista irregular de material escolar

MAIS UMA MORTE

Após 28 dias desde os primeiros sintomas, morre 76º paciente

TRAGÉDIA

Carro carbonizado com dois corpos é encontrado na estrada do Guairacá

Comentários