Frente Parlamentar defende que o Estado compre vacinas no Paraná

Deputados aprovaram relatório entregue pela Frente Parlamentar contra o coronavírus em sessão remota nesta terça (15)

Frente Parlamentar defende que o Estado compre vacinas no Paraná (Foto: Reprodução/Youtube)

Deputados paranaenses defendem que o Governo do Estado compre vacinas contra a covid-19. A sugestão consta em relatório entregue nesta terça (15) pela Frente Parlamentar do Coronavírus. A Frente é composta por 31 deputados estaduais.

De acordo com o coordenador do grupo, deputado Michele Caputo (PSDB), a Frente recomenda que o Paraná formalize acordos de intenção de compra de doses com vários fornecedores de vacinas promissoras. Mesmo que ainda não tenha aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Isso porque esses documentos colocam o Paraná na lista de prioridades das fabricantes. Entretanto, sem atrelar à obrigatoriedade de compra. E também independe de desembolso financeiro. Conforme a Frente, para os paranaenses não importa se a vacina será russa, chinesa, americana ou europeia.

O importante é que se mostre segura, eficaz e tenha aval da Anvisa. Seja por meio de autorização para uso emergencial ou por registro definitivo.

Entretanto, segundo Caputo, durante seis meses a Frente debateu os impactos da quarentena adotada pelo Estado. Conforme Caputo, entre estas constam as medidas a serem adotadas para o retorno às aulas. Assim como o aumento da violência contra a mulher durante a pandemia. Além do desafios dos municípios na pandemia, entre outros, também são temas debatidos.

PARTICIPAÇÕES

Conforme a Assembleia Legislativa do Paraná, a reunião desta terça teve a presença dos membros da Frente. Além do vice-líder do governo federal na Câmara, deputado federal Ricardo Barros (PP-PR). De acordo com Barros, o governo tem o plano de adquirir doses para vacinar todos os brasileiros. “Vamos avançar no sentido de dar tranquilidade a toda a sociedade”, disse.

Também participaram da reunião os deputados Maria Victória (PP), vice-coordenadora da Frente, Soldado Fruet (PROS). Assim como Cristina Silvestri (Cidadania), Alexandre Amaro (Republicanos), Reichembach (PSC), Emerson Bacil (PSL). Além de Rodrigo Estacho (PV), Tercílio Turini (CDN) e Arilson Chiorato (PT). A Frente foi instituída em 24 de junho pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB).

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

 

Relacionadas

MUDANÇAS

Ratinho Junior sanciona lei que altera regras das escolas cívico-militares

PANDEMIA DA COVID-19

Vacinação contra a covid-19 pode começar semana que vem no PR

RELATO EMOCIONANTE

Médica paranaense relata como é intubar o próprio pai

Comentários