Gaeco continua cumprindo mandados, diz Batisti

Cumprimentos começaram nas primeiras horas desta terça feira (11)

(Foto: Divulgação/MPPR)

O Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) continua cumprindo 26 mandados de busca e apreensão e investigando o programa Patrulha do Campo, que locava máquinas para a conservação de estradas rurais. A informação foi atualizada pelo procurador de Justiça e coordenador estadual do Gaeco, Leonir Batisti, por volta das 10h10 desta terça feira (11). Segundo ele, os mandados de prisão contra o ex-governador Beto Richa e sua esposa Fernanda, além de outros quatro secretários, foram expedidos pelo juiz da 13ª Vara Criminal e tem caráter temporário, de cinco dias.

“Os mandados estão sendo cumpridos no escritório político do ex-governador, no DER, residências, empresas, escritórios em Curitiba, Londrina, Santo Antonio do Sudoeste e Nova Prata do Iguaçu”, explicou.

Relacionadas

ELEIÇÕES

'Podemos' disputa a prefeitura nas maiores cidades do Paraná

ELEIÇÕES 2020

Ministério Público envia recomendação a partidos políticos

NOVO PROGRAMA

Estado lança programa para recuperar economia dos municípios

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com