Gaeco converte prisão de Beto Richa

Fernanda Richa ficou fora da prisão preventiva

A pedido do Gaeco de Curitiba, o Juízo da 13ª Vara Criminal de Curitiba determinou a conversão da prisão temporária em preventiva para 10 dos 15 presos na Operação Rádio Patrulha, deflagrada na última terça feira (11). Entre os que tiveram a prisão preventiva decretada estão o ex-governador do Paraná Beto Richa, seu irmão Pepe Richa, ex-secretários de governo e empresários. Não foi pedida a conversão de prisão da esposa do ex-governador e ex-secretária estadual  Fernanda Richa e de outras quatro pessoas.A operação apura irregularidades no programa Patrulha do Campo, do Governo do Estado do Paraná, ocorridas entre 2012 e 2014.

INVESTIGADOS COM PRISÃO PREVENTIVA DECRETADA
Carlos Alberto Richa (Beto Richa)
José Richa Filho (Pepe Richa)
Ezequias Moreira Rodrigues
Luiz Abi Antoun
Deonilson Roldo
Celso Antônio Frare
Edson Luiz Casagrande
Tulio Marcelo Dening Bandeira
Aldair Wanderlei Petry (Neco)
Dirceu Pupo Ferreira

Relacionadas

ELEIÇÕES

'Podemos' disputa a prefeitura nas maiores cidades do Paraná

ELEIÇÕES 2020

Ministério Público envia recomendação a partidos políticos

NOVO PROGRAMA

Estado lança programa para recuperar economia dos municípios

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com