Governador sanciona a lei do Fundo de Combate à Corrupção

Estado passa a contar com recursos específicos para prevenir e inibir a corrupção. Fundo é vinculado à Controladoria-Geral do Estado

O governador Carlos Massa Ratinho Junior, sanciona A lei que cria o Fundo Estadual de Combate a Corrupção (Foto: Arnaldo Alves/AEN).

O Governo do Paraná vai contar com recursos específicos para melhorar a estrutura destinada a prevenir e inibir atos ilícitos no serviço público. Isso porque o governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou, nesta quarta (30), a lei que institui o Fundo de Combate à Corrupção (Funcor). Além disso, determinou que toda sua movimentação esteja disponível no Portal da Transparência.

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, o governador também confirmou a presença do Paraná no projeto do Plano de Integridade. Que é sugerido pela organização da sociedade civil Transparência Internacional, presente em 100 nações. Com o acordo de cooperação, servidores farão curso de duas semanas em Copenhague, na Dinamarca, além de participar de palestras e oficinas promovidas pela Transparência Internacional.

Assim, as iniciativas marcam o aniversário de seis anos da Controladoria-Geral do Estado (CGE) e vem ao encontro da intenção do Governo do Estado de coibir todo e qualquer ato de corrupção, ativa ou passiva, no serviço público estadual.

“É um compromisso que temos com a sociedade de levar mais transparência e controle do dinheiro público, além de apurar e coibir os desvios de conduta na administração. Com esse fundo, poderemos criar mais mecanismos de combate à corrupção”, afirmou Ratinho Junior.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SEGURANÇA

Sesp registra queda nos crimes de furto e roubo na 7ª Aisp, que inclui Guarapuava

REFORÇO

Segurança pública recebe reforço de 100 fuzis do Exército

REPÚDIO

'Cidadania' repudia sentença racista de juíza de Curitiba

Comentários