Governo ativa sistema de conexão e distribuição de máscaras 3D

Objetivo do governo é integrar ainda mais fornecedores de matéria-prima, médicos e enfermeiros que estão na linha de frente no combate ao coronavírus

A medida foi implementada no último fim de semana (Foto: AENPr)

O Governo do Estado ativou uma aba no site para conectar a cadeia de fabricação de máscaras de proteção (face shield) para ajudar os profissionais da Saúde. A medida foi implementada no último fim de semana. De acordo com o governo, o objetivo é integrar ainda mais fornecedores de matéria-prima, os chamados “makers” e médicos e enfermeiros que estão na linha de frente contra o novo coronavírus

Além da plataforma on-line para ampliar a participação de doadores, o Estado fará a distribuição de todo material nos hospitais cadastrados em todo o Paraná. A iniciativa é da Superintendência de Inovação da Casa Civil e leva em conta a necessidade de manutenção do isolamento social e o ecossistema de inovação que já existe no Paraná.

MOVIMENTO ESPONTÂNEO

A ideia surgiu em Curitiba há duas semanas. O Governo do Estado aderiu a um movimento espontâneo da sociedade civil chamado Atitude 3D. Assim, disponibilizou servidores e veículos da Casa Civil e da Defesa Civil para distribuir os equipamentos de proteção para hospitais públicos e privados. Conforme o governo, em 15 dias foram entregues oito mil máscaras a hospitais e unidades básicas e outras 14 mil estão em produção.

MÁSCARAS

A máscara-escudo nasceu na República Tcheca no bojo do combate global contra a Covid-19 e da alta demanda por equipamentos hospitalares. Porém, chegaram ao Brasil, pouco tempo depois, com as impressoras 3D de empresários, acadêmicos, pesquisadores e prefeituras.

Conforme o Governo, a máscara-escudo disponibilizada segue o modelo padrão internacional. Assim, é formada por três peças: a placa de acetato, transparente, que é a viseira; uma “tiara” com pontos que serve de sustentação (a única confeccionada na impressora 3D efetivamente); e um elástico que ajuda a fixar o equipamento no profissional.

Ela é um Equipamento de Proteção Individual (EPI) para o rosto e serve como complemento para as máscaras comumente utilizadas pelos profissionais de saúde, do tipo N95. O objetivo principal é proteger a região dos olhos.

SERVIÇO

Para participar da iniciativa, basta entrar no site e se cadastrar como doador, ‘maker’ ou como unidade médica que precisa de apoio. Também há um WhatsApp disponível para contato diário das 8h às 18h, que é o (41) 99108-6040.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVOS CASOS

Seis novos casos de covid-19 são confirmados em Guarapuava

PREÇOS ABUSIVOS

Procon-PR alerta para preços abusivos dos materiais de construção

PLANTIO SIMBÓLICO

Plantio simbólico no 'Jardim do Futuro' é retomado em Guarapuava

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com