Governo não vai antecipar 2ª parcela do auxílio emergencial

Governo anunciou a antecipação e depois voltou atrás. Segundo o Ministério da Cidadania não há dinheiro suficiente para a liberação que ocorreria hoje (23)

Governo não tem dinheiro para a segunda parcela do auxílio emergencial (Foto: Reprodução/Pixabay)

Quem estiver inscrito para receber a segunda parcela do auxílio de R$ 600, prometido pelo governo federal, terá que esperar. O pagamento estava previsto para esta quinta (23) para trabalhadores informais. Além de pessoas inscritas no Cadastro Único de Programas Sociais do governo federal (CadÚnico) nascidas em janeiro e fevereiro.

De acordo com a Agência Brasil, o Ministério da Cidadania recebeu uma recomendação da Controladoria Geral da União (CGU) e cancelou a antecipação.

Conforme nota assinada pelo Ministério da Cidadania e pela Caixa Econômica Federal, o alto número de trabalhadores informais cadastrados superou as expectativas e “tornou-se imperativo solicitar crédito suplementar para poder completar o atendimento a todos”.

Porém, foi solicitado ao Ministério da Economia que faça o “mais rápido possível” a previsão para uma suplementação orçamentária.

Assim, o recurso disponível para cada uma das três parcelas é de R$ 32,7 bilhões. Porém, R$ 31,3 bilhões já foram transferidos. Outros, cerca de R$ 12 milhões do primeiro cadastro ainda estão sendo avaliados.

Segundo a nota, em função disso, por fatores legais e orçamentários e pelo alto número de requerentes que ainda estão em análise, o ministério está impedido legalmente de fazer a antecipação da segunda parcela do auxílio.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COMO ASSIM?

Bolsonaro diz que a Amazônia é 'úmida' e 'só pega fogo pelas bordas'

NO TRÂNSITO

Hoje inicia a Semana Nacional do Trânsito em todo o país

NÚMEROS ASSUSTADORES

Insegurança alimentar cresce e atinge mais três milhões de pessoas

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com