Guarapuava abre inscrições para residência em medicina de família e comunidade

As inscrições têm início nesta segunda (21) e seguem abertas até o dia 28 de janeiro. As atividades serão nas Unidades Básicas de Saúde do município

As atividades serão desenvolvidas nas UBS (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Uma nova oportunidade de especialização na área de medicina está disponível em Guarapuava. A Secretaria de Saúde Municipal está com vagas abertas para o teste seletivo do Programa de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade. As inscrições vão estar abertas a partir da próxima segunda (21) e seguem até o 28 de janeiro de 2021.

A autorização pela Comissão Nacional de Residência Médica, órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), para que Guarapuava oferte a residência médica é uma conquista para a cidade. Dessa maneira, a residência médica é curso de especialização em serviço que irá formar profissionais capacitados para o atendimento na Atenção Primária à Saúde.

O secretário de Saúde, Jonilson Pires, destacou que a autorização para esta especialização passou por uma visita de um avaliador do MEC. “Ele enviou um relatório indicando que estávamos aptos para ofertar a pós-graduação”.

A formação dos residentes tem período de dois anos. Durante este tempo eles estudam e colocam em prática o aprendizado. As atividades serão desenvolvidas nas Unidade Básica de Saúde (UBS), levando o atendimento mais próximo do paciente, com a supervisão de especialistas da área.

A ideia é que formemos esses especialistas aqui em Guarapuava, e que eles permaneçam na cidade, melhorando a assistência à população, principalmente na atenção primária, já que 85% dos problemas de saúde podem ser resolvidos por esses especialistas, explicou o Coordenador da Comissão de Residência, Anderson Fadel.

As inscrições serão feitas via Protocolo Web.

 

 

Relacionadas

PROST

Quiosque da Brahma surge repaginado no Shopping 'Cidade dos Lagos'

COMEMORAÇÃO

Fernando e Sorocoba no 'Parabéns pra você' em Guarapuava

TRÂNSITO

Retirada do 'Trevo do Cavalo' é proposta pelo Plano de Mobilidade Urbana

Comentários