Guarapuava tem aumento de reclamações contra operadoras em 2020

De acordo com a Anatel/Selectra Brasil a operadora Claro e o serviço móvel foram os maiores detentores de reclamações em janeiro em Guarapuava

(Imagem: Selectra Brasil)

O município de Guarapuava registrou em janeiro de 2020 um crescimento de 7,8% nas reclamações contra operadoras de telefonia móvel. De acordo com Anatel/Selectra Brasil, os dados são comparativos com janeiro de 2019. De acordo com as informações repassadas ao Portal RSN, a operadora Claro e o serviço móvel foram os maiores detentores de reclamações na localidade. Assuntos principalmente relativos à cobrança após cancelamento foram os que tiveram mais registros.

Assim, em segundo lugar a TIM (25), Vivo (21) e Oi (19 reclamações). A Sercomtel ainda não registrou nenhuma reclamação no mesmo período. Os assuntos principalmente relativos à cobrança após cancelamento foram os que tiveram mais registros.

De acordo com a Anatel/Selectra Brasil, as reclamações contra operadoras de telecomunicações tiveram um aumento da ordem de 1,28% em 2019, comparando os dados com o estudo analisado em 2018. Assim, em números, o aumento foi de 37,5 mil reclamações a mais. Porém, embora seja significativo, fica abaixo dos valores apresentados nos últimos anos, representando uma queda de aproximadamente 27% em relação ao ano de 2015.

Outro dado importante foi a medição do IR, ou seja, o Índice de Reclamações. Esse índice teve uma média de 0,79% contra 0,76% de 2018. Basicamente, este indicador mede a quantidade de reclamações registradas mensalmente para um grupo de 1.000 acessos em serviço.

Em escala nacional, o maior volume de reclamações foi registrado no serviço de banda larga fixa, com cerca de 80 mil reclamações a mais do que em 2018. Questões relacionadas à cobrança e crédito pré-pago foram os maiores motivadores de registros.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SAÚDE

Municípios da 5ª Regional ainda tem casos de sarampo em investigação

IRREGULARIDADES SANITÁRIAS

Ação de fiscalização multa comerciantes e moradores em Guarapuava

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Governo adere à campanha de combate da violência contra a mulher

Comentários