Guto Silva diz que Casa Civil ampliará diálogo com a sociedade

Guto destacou que as regiões do Estado terão a atenção devida por parte governo do Estado

Por Guilherme Bittar

Guto Silva (Foto: Eduardo Matysiak)

O deputado estadual reeleito Guto Silva (PSD) disse nessa terça feira (18), durante a diplomação dos eleitos pelo TRE-PR, que a Casa Civil – órgão que ele chefiará a partir de 1° de janeiro – buscará conexão entre poder público e sociedade.

“Sempre discutimos [com Ratinho Junior] a necessidade da conexão entre poder público e sociedade. Precisamos encontrar maneira de reinventar esse processo. Primeiro, enxugando a máquina pública. Depois, conversando com a sociedade de forma ordeira e prática. O objetivo é abrir a Casa Civil, para que possamos trazer novos atores e possamos ouvir mais. Além disso, a prioridade é dar velocidade aos projetos estruturantes”, declarou.

Guto comentou a trajetória que credenciou Ratinho Junior às eleições deste ano. “Nos últimos anos, construímos com os prefeitos, deputados e lideranças o ambiente necessário para que ele pudesse competir com força nas eleições. Encontramos eco nas ruas. Isso demonstra que esse modelo de fazer política focado no resultado nos dá garantia para implantar um governo que dê respostas rápidas, em forma de obras e ações para melhorar o dia a dia de quem precisa”.

O deputado também falou sobre a relação de proximidade que tem com o governador eleito. “Numa relação de confiança, temos liberdade para orientar e aconselhar, e acho que essa foi uma das razões pelas quais ele me escolheu. Eu brinco com ele que eu posso contrariar o governador”.

DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Guto destacou que as regiões do Estado terão a atenção devida por parte governo do Estado. “Já sabemos quais são os desafios e conhecemos quais as potencialidades de todas as regiões. É importante ter harmonia para que possamos canalizar recursos, obras necessárias e ter ambiente político para transformar”.

Sobre o Sudoeste, região que é a base de sua atuação política, ele disse que vai procurar devolver a confiança que teve nas urnas. “A região sempre foi muito ativa politicamente. Tive votação recorde na região, então aumenta meu compromisso. Vamos fazer isso em todo Estado, mas sempre com um olhar carinhoso para o Sudoeste”.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Governo do Paraná confirma implantação do toque de recolher

SUGESTÃO

Deputados pedem suspensão das provas do PSS do magistério

VACINA É IMPORTANTE

Hoje (30) é o último dia da vacinação contra a pólio no Paraná

Comentários