HR de Guarapuava estará equipado em no máximo 45 dias, diz Ratinho Jr

Nesta sexta (10), o secretário de Saúde Beto Preto acompanha com equipe técnica da Sesa, as obras do Hospital Regional em Guarapuava

HR de Guarapuava estará equipado em no máximo 45 dias, diz Ratinho Jr (Foto: Divulgação)

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta quinta (9) a ampliação da rede pública de atendimento hospitalar contra o novo coronavírus. Para isso, o Governo do Estado autorizou a abertura do Hospital Regional de Guarapuava, de Telêmaco Borba e Ivaiporã.

De acordo com Ratinho Junior, os novos hospitais regionais serão equipados e estruturados para o atendimento especializado contra a Covid-19. Serão, na primeira fase, 80 leitos adultos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 120 enfermarias.

Em anuncio feito na manhã desta quinta (9), no Hospital do Rocio, em Campo Largo, o governador afirmou que nos próximos 30 ou 45 dias, o Hospital Regional de Guarapuava e os demais, estarão equipados e estarão trabalhando 24 horas por dia.

PARANÁ

O Estado tem capacidade orçamentária para contratar mais 629 novos leitos adultos de UTI em toda a rede hospitalar para uso de pacientes do SUS que necessitem tratamento para a Covid-19. Como isso, o Paraná poderá alcançar 1.128 novos leitos adultos de UTI para atendimento emergencial e exclusivo contra a pandemia.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, a ideia original era de contratar 317 novos leitos de maneira imediata. “Mas, o número foi ampliado para 419 em razão da disponibilidade oferecida pela rede hospitalar estadual, pública e privada”.

Além dos leitos de UTI para adultos, a Secretaria de Estado da Saúde já ativou 1.108 enfermarias e 20 UTIs pediátricas nos hospitais privados e nos universitários. E ainda pode alcançar mais 1.382 enfermarias e 45 UTIs pediátricas, podendo ultrapassar 2.500 novas enfermarias para os pacientes com reações mais moderadas.

Conforme o secretário, o Governo do Estado ampliará os serviços onde eles já existem, colocando à disposição da sociedade a formação técnica dos médicos, fisioterapeutas e enfermeiros. “A estratégia é colocar sete estruturas em obras ou quase finalizadas para atender aos paranaenses. Essa é uma rede exclusiva para atendimento ao coronavírus no Paraná”.

Por fim, o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, disse na manhã dessa quarta (8), que virá para Guarapuava nesta sexta (10). Assim, ele e a equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde farão uma vistoria nas obras do Hospital Regional.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

FAÇA SUA PARTE

Alunos e professores soltam a voz na 'live' Encanta UniGuairacá

COVID-19

Exame confirma mais um caso da covid-19 em Guarapuava

INVESTIMENTO NA SAÚDE

Novo laboratório municipal amplia em 60% o número de exames

Comentários