Inadimplência do consumidor tem ligeira queda em novembro, revela Serasa

 O Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor apresentou queda de 0,1% em novembro de 2012, na comparação com o mês imediatamente anterior. Na relação anual – novembro deste ano contra o mesmo mês do ano anterior –, a inadimplência do consumidor registrou crescimento de 13,0%. No acumulado do ano – janeiro a novembro de 2012 frente ao mesmo período de 2011 – a inadimplência do consumidor cresceu 15,1%.

O recuo, ainda que modesto, da inadimplência em novembro foi a quinta queda mensal no conjunto das seis últimas leituras do indicador (outubro/12 foi a exceção). Isto demonstra que o patamar baixo da taxa de desemprego no país, os ganhos salariais acima da inflação na maioria das categorias profissionais e as reduções das taxas de juros têm proporcionado um cenário de inadimplência mais favorável, neste segundo semestre, em comparação com a primeira metade de 2012. Contudo o endividamento ainda elevado dos consumidores e o comprometimento de renda igualmente alto continuam sendo os principais entraves para que a queda da inadimplência ocorra de forma mais acentuada.

As dívidas não bancárias (junto aos cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc.), os protestos e os cheques sem fundos puxaram a pequena queda do indicador, com variações negativas de 0,3%, 9,2% e 7,5%, contribuindo negativamente com 0,1 p.p., 0,1 p.p. e 0,6 p.p., respectivamente. A alta de 1,6% e contribuição positiva de 0,7 p.p. das dívidas não honradas junto aos bancos equilibraram o indicador e contribuíram para que o índice não caísse ainda mais em novembro de 2012.

 

CAI O VALOR DAS DIVIDAS BANCÁRIAS
O valor médio das dívidas com os bancos apresentou queda de 0,2% de janeiro a novembro de 2012, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Já o valor médio das dívidas não bancárias, os títulos protestados e os cheques sem fundos tiveram alta de 2,6%, 6,5% e 12,3%, respectivamente.

Fonte: Serasa Experian

Relacionadas

NOVO PROGRAMA

Estado lança programa para recuperar economia dos municípios

MODELO

Cilla Tech Park atrai investidores de Cascavel para Guarapuava

REGULARIZAÇÃO

Alguns estabelecimentos precisam regularizar cadastro no 'Comida Boa'

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com