Instituto de Criminalística passará por reforma estrutural em Guarapuava

Por ser uma edificação antiga, a reforma passa pelo telhado. As caixas d'água são de amianto e precisam ser substituídas. E o piso precisa ser trocado

Instituto de Criminalística passará por reforma estrutural em Guarapuava, anuncia Artagão Junior (Foto: Ascom)

A unidade da Polícia Científica de Guarapuava, que compreende o Instituto de Criminalística e o Instituto Médico Legal (IML), passará por reparos estruturais. O anúncio da liberação de R$ 540 mil para a obra foi feito pelo deputado estadual Artagão Junior ao Portal RSN.

De acordo com o parlamentar, no dia 22 de junho será o pregão eletrônico que vai determinar qual empresa será a executora da reforma geral do prédio. Conforme a chefe Unidade da Polícia Científica no município, Tatiane  Aparecida Wolf Prussak, as instalações da unidade foram construídas há muitos anos e precisam de reforma.

Por ser uma edificação antiga, o telhado está precário, as caixas d ‘água ainda são de amianto e precisam ser substituídas, o piso precisa ser trocado. As redes hidráulica e elétrica também necessitam de especial atenção. Porém, somente parte será substituída.

A CRIMINALÍSTICA

O Instituto de Criminalística é o responsável por coletar e analisar provas materiais que auxiliam no esclarecimento de crimes. Para isso, os peritos vão até o local do crime. De acordo com Tatiane, o instituto de criminalística atende 27 municípios da Região. Porém, conta apenas com seis peritos criminais.

Conforme a chefe regional, a maior deficiência está nos recursos humanos. Para se ter uma ideia da sobrecarga de trabalho, o perito trabalha sozinho. Faz a função de motorista, fotógrafo e auxiliar ao mesmo tempo.

O IML

Responsável por 23 municípios da região, o Instituto Médico Legal (IML) recolhe o corpo em casos de mortes violentas e faz a necrópsia. No IML temos cinco médicos legistas, três auxiliares de perícia (que fazem a remoção dos corpos) e dois auxiliares de necrópsia.

De acordo com Tatiane, o IML conta com duas mesas de necrópsia, além de três viaturas. Na Criminalística são cinco veículos. “Ganhamos um carro agora, em substituição a um outro veículo baixado“.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

BOLETIM COVID

Guarapuava confirma seis novos casos de covid-19 nesta sexta (10)

MOMENTO DELICADO

Setor de eventos busca interlocução com estado para voltar a trabalhar

ESTÁ INDO EMBORA

Paraná está há 10 dias de encerrar situação de surto de sarampo

Comentários