Irati promove debate sobre os animais abandonados nas ruas

Vereadores, prefeito, entidades e moradores participaram das discussões

(Foto: Ascom/Câmara de Irati)

A situação dos animais de rua abandonados em Irati foi a pauta de uma audiência pública nessa quinta (27). O debate com a comunidade foi proposto por meio de requerimento pelo vereador Roni Surek. A audiência na Câmara Municipal, reuniu vereadores, o prefeito Jorge Derbli e a presidente da Ong Amigo Bicho, Bernadete Joffe.

Também participaram do debate, a Secretária Municipal de Saúde, Magali de Camargo, representantes do Ministério Público, dos direitos dos animais e moradores. De acordo com a Ong Amigo Bicho, o abandono dos animais é um problema social e também uma questão de saúde pública. Por isso, precisa ser discutido, já que a situação perdura há mais de 18 anos em Irati.

Durante a audiência, o prefeito Jorge Derbli disse que em breve será comprado um Castramóvel, e que deve ajudar no controle de animais abandonados. Já o vereador Rogério Luís Kuhn citou o Centro de Zoonoses. Segundo ele, além de ser caro, não funciona.

Kuhn ofereceu um barracão de 1200 m² para servir de abrigo para que os animais possam recuperar-se após as castrações. O vereador Wilson Karas sugeriu que o Executivo compre um terreno próprio, por meio de emendas. Afirmou também que a prefeitura fiscalize melhor a lei que proíbe o abandono de animais domésticos nas ruas, multando os infratores.

Prefeito, vereadores, gestores da saúde e entidades protetoras do animais participam da audiência pública (Foto: Ascom/Câmara de Irati)

Rogério Kuhn disse que a ideia [do barracão] é fazer um teste sem onerar os caixas da prefeitura. Isso até que o município comprasse um local próprio, e que “seria uma sugestão paliativa”.

Já a Presidente da Ong Amigo Bicho, Bernadete Joffe, disse que animais de outros municípios estão sendo despejados em Irati e desabafou.

Faz 18 anos que estamos nesta luta. Vemos o castramóvel como uma grande preocupação. Precisamos muito mais do que apenas um veículo. Necessitamos de equipamentos com recursos, veterinário, chipagem de animais e um local para atendimento dos animais. A Amigo Bicho deve hoje mais de R$ 80 mil às clínicas. Toda responsabilidade do município está recaindo sobre a Ong. Estamos levando os animais para serem castrados em Ponta Grossa. As clínicas de Irati estão com preços exorbitantes.

A vereadora de Curitiba e ativista dos direitos dos animais, Fabiane Rosa, compartilhou experiências nesta área. Contou que na Capital, foi feita uma licitação para castração. Por isso, a empresa ganhadora faz o serviço completo com equipamentos, medicamentos e veterinário. “São feitas 160 castrações por dia e os animais são microchipados”.

A vereadora disse ainda que os abrigos são prisões de inocentes. “Todas as Ongs do Paraná estão sobrecarregadas. Precisamos de políticas públicas que garantam recursos para a causa animal”.

Para isso, a parlamentar sugeriu aos vereadores de Irati, que incluam na LDO, a proteção animal e investimentos em esterilização e castração. “Amar os animais é um privilégio de muitos, mas respeitá-los é dever de todos”.

Moradores participaram do debate com ideias e sugestões (Foto: Ascom/Câmara de Irati)

Sobre as subvenções que eram repassadas à Ong, o prefeito informou que houve uma alteração na Lei 13.019/2014. Dessa forma, não é mais permitido fazer subvenção direta à entidade, apenas por meio de chamamento público. Por isso, o chefe do Executivo comunicou que a prefeitura está elaborando um novo Edital de Licitação para castrações. Entretanto, ele espera que haja participação das clínicas de Irati.

Pra o vereador Roni Surek, que propôs a audiência, disse que apresentará nos próximos dias um projeto de lei para instituir o Conselho Municipal de Proteção Animal. O parlamentar ainda sugeriu desconto de R$ 0,50 nas contas de água e de R$ 5 nas contas das empresas para a causa animal.

“Os animais são seres vivos criados por Deus e fazem parte do nosso Universo, do nosso mundo e das nossas vidas”.

Relacionadas

CRIME AMBIENTAL

Aplicação de inseticida mata abelhas em comunidade em Turvo

COMBATENDO O TRÁFICO

Homem é preso após PM encontrar drogas escondidas no assoalho de casa

PANDEMIA

Pinhão registra duas mortes por covid-19 em menos de 24 horas

Comentários