Jovem grávida é agredida e tem mão mordida pelo marido

A jovem de 20 anos deu entrada no hospital em Guarapuava com machucados no rosto, nos membros superiores, mordidas na mão e fortes dores abdominais

Vizinhos afirmaram que escutaram as agressões (Foto: Arquivo/RSN)

Uma jovem grávida de 20 anos foi gravemente agredida durante a madrugada desta quinta (30) em Guarapuava. Ela deu entrada no hospital com ferimentos no rosto e nos membros superiores. Além disso, a jovem tinha mordidas na mão e fortes dores abdominais. O agressor é o marido de 30 anos que é monitorado por tornozeleira eletrônica.

De acordo com a PM, a equipe de enfermagem do hospital acionou a equipe. Assim, os policiais foram até a casa onde teriam ocorrido as agressões, localizada na rua Gótico, no bairro Morro Alto. Porém, o homem não estava no local. Mas a PM conversou com alguns vizinhos no local, que confirmaram ouvir as agressões.

Desse modo, a equipe continuou com as buscas e em posse de informações de características do suspeito, o localizou na rua Raimundo Rossignoli. Ao receber voz de abordagem ele tentou fugir e entrou em luta corporal com os policiais. Porém, ele foi imobilizado e preso. O agressor foi conduzido para a 14ª SDP onde continuou fazendo ameaças de morte contra a mulher.

A polícia informou que a vítima foi levada pela irmã para atendimento médico. O estado de saúde da jovem, não foi divulgado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Após imunizar mais de 800 pessoas, Saúde confirma 91 novos casos

COVID-19

Primeiro dia de vacinação imunizou 857 de 3.300 profissionais de saúde

BURBURINHO'

Prefeito de Guarapuava diz que não sai do 'Cidadania'

Comentários