“Kit gay” é fake news e TSE proíbe videos

Mentira foi disseminada por Bolsonaro em redes sociais

Uma sentença do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determina a remoção de vídeos em que Jair Bolsonaro (PSL) espalhava  fake news de suposto kit gay distribuído em escolas.

Segundo a decisão do Tribunal, “o próprio Ministério da Educação já registrou, em diferentes oportunidades, que a publicação em questão não integra a base de livros didáticos distribuídos ou recomendados pelo Governo Federal”.

A sentença afirma, ainda, que “assim, a difusão da informação equivocada de que o livro em questão teria sido distribuído pelo MEC (…) gera desinformação no período eleitoral, com prejuízo ao debate político, o que recomenda a remoção dos conteúdos com tal teor”.

Relacionadas

ROUBOU E ABANDONOU

Quadrilha abandona dinheiro após assalto e populares furtam as 'notas'

DENUNCIE

No Brasil, uma mulher é vítima de assassinato a cada nove horas

LUTO

Morre o jornalista Fernando Vannucci aos 69 anos em São Paulo

Comentários