Ladrões encapuzados rendem casal de idosos no interior de Prudentópolis

Os ladrões invadiram a casa e após render os idosos de 79 anos e 90 anos, amarraram o neto do casal de 16 anos. Eles fugiram levando dinheiro e um celular

Ladrões encapuzados rendem casal de idosos na área rural de Prudentópolis (Foto: Ilustração)

Dois ladrões encapuzados e armados com revólver renderam um casal de idosos e o neto deles, na noite dessa quarta (19) na Localidade Rural Terra Cortada, em Prudentópolis. De acordo com a idosa de 79 anos, ela estava com o marido de 90 anos e com o neto de 16 anos em casa, quando foram surpreendidos pelos ladrões.

A dupla entrou na casa, anunciou o roubo e em seguida amarrou o adolescente com as mãos para trás. Ainda conforme a idosa, a todo momento os ladrões os ameaçavam de morte, dizendo que se não houvesse dinheiro na residência, eles seriam mortos. Os ladrões roubaram uma quantia em dinheiro e um celular rural, e fugiram a pé.

Durante diligências, a equipe policial encontrou um pedestre que afirmou ter visto dois homens correndo nas proximidades da casa roubada. De acordo com a testemunha, os dois estavam carregando sacolas com objetos. Ele informou ainda aos policiais que reconheceu um dos ladrões e que este já tinha feito diversos roubos na Região.

PRISÃO E APREENSÃO DE ARMA

Assim, a testemunha acompanhou a equipe até a casa do suspeito. Na residência, um homem disse ser o tio do procurado, e que as vezes ele vai até o local. A PM perguntou se o sobrinho estava no local, e o tio respondeu que não. Porém ficou nervoso e com tremor de mãos. Conforme a polícia, o homem dava informações desconexas.

Questionado se havia ali alguma arma de fogo, o morador disse que tinha uma espingarda calibre 32, que era para a sua proteção. Entretanto ele não informou se tinha autorização para a posse da arma, nem se a espingarda possuía registro. O morador apresentou a arma e ainda cinco cartuchos de metal, um carregado e quatro deflagrados.

Também havia um recipiente com pólvora negra, e outro com chumbo. O homem foi preso por posse irregular de arma de fogo. Na viatura policial, ele indicou o endereço da mãe do suspeito. Na casa informada, a mulher que atendeu os policiais afirmou que o filho não se encontrava, e que havia saído com um amigo.

O tio do suspeito e a arma foram levados para a delegacia de Polícia Civil de Prudentópolis. Por fim, os dois ladrões não foram encontrados.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

Irati confirma 18ª morte por covid-19 nesta quarta (2)

OPORTUNIDADE

DER busca empresa para assumir linha entre Guarapuava e Inácio Martins

EM FAMÍLIA

Vereador eleito em Irati, Nego Jacumasso, está internado com covid-19

Comentários