Leilão ofertará veículos inservíveis e antieconômicos do Executivo

A administração pública colocou à venda lotes que são compostos de bens usados inservíveis, antieconômicos ou irrecuperáveis

Leilão ofertará veículos inservíveis e antieconômicos do Executivo (Foto: Reprodução/RSN)

A Secretaria de Estado da Administração e da Previdência inicia em 28 de outubro, às 9 horas, o processo licitatório para a alienação de veículos recolhidos de órgãos do Poder Executivo. Portanto, o encerramento do leilão ocorre em 3 de novembro, nos horários constantes no edital de Leilão Eletrônico 3/2020.

O leilão vai vender veículos dos órgãos do Executivo recolhidos ainda em 2017. Segundo o diretor do Departamento de Gestão do Transporte Oficial (Deto), Juan Carlos Alves, essa será mais uma ação de um Paraná. Pensando em inovar para melhoria da economia do Estado.

Sendo assim, a administração pública colocou à venda lotes que são compostos de bens usados inservíveis, antieconômicos ou irrecuperáveis. O leilão terá a venda de 10 lotes de veículos, em que o lance inicial de cada lote está em R$ 1.101,65. O valor mínimo total do leilão é R$ 11.016,50.

A sessão ocorrerá pelo Sistema Eletrônico de Leilões, disponível on-line. Os interessados em participar podem fazer o cadastro no mesmo site. Assim, os participantes podem dar lances eletrônicos. A administração vai efetuar os lances a partir do valor mínimo definido para cada lote. Assim, considerando-se arrematante o licitante que fizer o maior lance.

Desse modo, a Celepar desenvolveu o sistema eletrônico do leilão. Desse modo, com base em ferramenta semelhante utilizada no Governo de Minas Gerais. Os dois estados assinaram o termo de cooperação em julho.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

REFORMA AGRÁRIA

Incra libera créditos para famílias quilombolas do 'Paiol de Telha'

SEM ÁGUA

Temperatura elevada e baixa reservação afetam abastecimento em LS

PRESERVAR É IMPORTANTE

Cartilha incentiva a preservação dos botos-cinzas no litoral paranaense

Comentários