Lideranças querem anular Conferência da Cidade

Guarapuava – Lideranças comunitárias prometem entrar com uma ação para anular a IV Conferência Municipal das Cidades realizada na quarta-feira no auditório das Faculdades Campo Real.
A reclamação passa pela falta de proporcionalidade no conselho que organizou o evento, pela imparcialidade no documento final da Conferência, pelo convite feito apenas um dia antes da conferência o que impediu das entidades debaterem o tema e listarem propostas, entre outras possíveis irregularidades.
Só para se ter uma ideia, associações de moradores ligadas à UGAM (União Guarapuavana das Associações de Moradores de Guarapuava) se retiraram do evento em forma de protesto.
A secretária municipal de Habitação e Urbanismo, Ana Lucia Massaro Tossin, que presidiu a Conferência, não foi encontrada para comentar o assunto.

Comentários