Marido agride e morde mulher para impedir separação em Guarapuava

O agressor mordeu o supercílio da esposa e fugiu. Mas ele foi pego pelo pai e pelo irmão da vítima e imobilizado até a chegada da PM

Marido agride e morde mulher para impedir separação em Guarapuava (Foto: Reprodução/Pixabay)

Uma mulher de 23 anos foi agredida e mordida pelo marido de 24 anos no começo da noite dessa terça (2) em Guarapuava. Conforme relato policial, a ocorrência foi atendida por volta das 18h50, pelos policiais do destacamento do Distrito de Entre Rios.

Assim, os policiais foram até uma casa de fundos da rua Amazonas, na Colônia Vitória, onde a mulher afirmou que estava em casa com o marido de 24 anos e que decidiu se separar dele. A vítima disse que separou os pertences do homem para que ele fosse embora.

Entretanto, a mulher relatou aos policiais que o marido a puxou pelo cabelo e a mordeu no supercílio direito. Após conseguir se desvencilhar dele, ela saiu correndo na direção a casa do pai dela, que a ajudou a pedir ajuda. No local, os policiais encontraram a mãe do agressor, que informou que o filho tinha corrido de medo que a esposa chamasse a PM.

Os policiais fizeram patrulhamento nas proximidades, mas o homem não foi encontrado. Porém ao retornar para a casa para pegar pertences, a mulher acompanhada do pai de 48 anos e do irmão de 22 anos, viu que o marido estava no pátio da casa.

Ao reconhecer o carro do pai da mulher, o agressor começou a insultá-los. A mulher ainda relatou aos policiais que o pai e o irmão tentaram detê-lo, mas o agressor correu pulando as cercas das casas vizinhas. Mesmo assim, ele foi contido na rua Dom Pedro I, que fica próxima.

Os policiais encontraram o agressor no chão, contido por familiares da vítima. Ele apresentava lesões na parte posterior do crânio, nas mãos e na perna esquerda. Ele foi preso e encaminhado para a Upa do Batel onde foi medicado e liberado. Em seguida, foi levado para a 14ª SDP.

AMEAÇA

E às 19h45 dessa terça (2), a PM atendeu outro caso de ameaça envolvendo tentativa de separação. De acordo com a polícia, uma mulher de 27 anos que mora na rua Pedro Teresa de Góes, no bairro Boqueirão, informou que é casada com um homem de 31 anos há cerca de um ano, com o qual tem um filho de dois anos.

Além disso, ela informou que os dois se desentenderam e que ela decidiu querer se separar dele. Mas após arrumar as malas do marido, ele não aceitou e a impediu de levar as malas. O homem não foi encontrado. Os policiais acompanharam a mulher na retirada de pertences da casa.

Por fim, encaminhou a vítima e os filhos de dois e cinco anos para a casa da irmã.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Nesta quinta (9) haverá vacinação volante em Guarapuava

COVID-19

Guarapuava tem mais 16 casos de covid-19 confirmados

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Distanciamento social aumenta casos de violência contra a mulher

Comentários