Marido é agredido por mulher embriagada em Porto Barreiro

PM registrou outros três casos de violência em Guarapuava e Laranjeiras do Sul

(Foto: Divulgação)

A Polícia Militar atendeu a quatro casos de violência doméstica de domingo (7) até a madrugada desta segunda (8) em Guarapuava e Região. Na madrugada desta segunda (8) em Porto Barreiro, a Polícia Militar registrou um caso de violência doméstica, da mulher para o marido. Segundo os policiais, uma mulher com visíveis sinais de embriaguez, chegou gritando em frente ao destacamento policial.

Ela afirmou que tinha sido agredida pelo marido. Na residência do casal, o homem informou que estava ocorrendo uma festa no local e que a esposa havia ingerido muita bebida alcoólica. Disse ainda que tentou dar banho na mulher para ver se passava o efeito do álcool, mas que neste momento a esposa ficou agressiva, mordeu seu órgão genital e acabou batendo o rosto no banheiro.

A mulher voltou a ficar agressiva até mesmo com os policiais, afirmando que precisava de ajuda para tirar as crianças de casa. Foi preciso uso moderado de força para contê-la. O marido não permitiu que a equipe policial entrasse na residência, afirmando que não havia mandado judicial.

Com o apoio da equipe de Laranjeiras do Sul, o homem abriu o portão. O conselho Tutelar foi acionado. O casal foi encaminhado para a 2ª SDP para os procedimentos cabíveis.

GUARAPUAVA

No domingo às 20h uma mulher de 30 anos, que mora na rua França, no bairro Industrial em Guarapuava, relatou que o marido de 33 anos chegou em casa embriagado e após desentendimento, passou a fazer ameaças de morte. De acordo com a mulher, o marido a agrediu com socos, chutes e empurrões. Ele foi preso e encaminhado até a 14ª SDP.

Na rua Vicente J. Ferreira, no bairro Jordão, uma mulher de 42 anos disse que estava passeando com as duas filhas e o marido de 57 anos, quando retornando para casa, se desentenderam. Segundo relato feito à polícia, durante a discussão a mulher pediu a separação e foi ameaçada de morte caso tentasse ir embora. Aos policiais ela ainda afirmou que o marido tentou agredi-la, mas foi impedido pela filha do casal. O agressor foi preso e conduzido à 14ª SDP.

LARANJEIRAS DO SUL

Em Laranjeiras do Sul, uma mulher foi ameaçada pelo marido por volta das 20h10 desse domingo (7), na rua Carlos Gomes. De acordo com a mulher, o marido estava com o carro VW Gol que pertence ao casal, transitando pela rua da casa dela com outras três mulheres dentro do carro.

Ao perguntar porque ele estava com as mulheres no carro, o casal começou a discutir e o homem quebrou o vidro do carro dando chutes e socos no veículo. O agressor ameaçou a esposa de morte e disse que “se chamasse a polícia e ele fosse preso, ela era uma mulher morta”.

O homem tocou a mulher de casa, que saiu sendo levada pelo primo até a casa de sua tia, no bairro Água Verde. O agressor não se encontrava no local quando a PM chegou.

Relacionadas

COLÉGIO MILITAR

Anúncio do governador na segunda (26) gera expectativa em Guarapuava

NOVO BOLETIM

Guarapuava confirma 16 novos casos de covid-19 em 24h

INSTABILIDADE

Fim de semana deve ser de tempo instável em Guarapuava

Comentários