Marido morde e agride mulher e depois vai trabalhar em Guarapuava

A PM prendeu o agressor no trabalho dele, já que havia também um mandado de prisão em aberto. Em outra ocorrência, o ex-marido foi preso

Marido morde e agride mulher e depois vai trabalhar em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

A Polícia Militar atendeu duas ocorrências de lesão corporal e violência doméstica em Guarapuava nessa quinta (29). Em uma delas, o marido agrediu a esposa e depois saiu para trabalhar.

Conforme relato policial, o primeiro registro ocorreu no bairro Santa Cruz. Uma mulher de 30 anos, relatou aos policiais que foi agredida pelo marido de 39 anos.

De acordo com a vítima, no momento da discussão ele a puxou pelo braço, torceu a mão dela, mordeu o lábio da mulher e puxou os cabelos. Em seguida, saiu para trabalhar.

Entretanto, em consulta ao sistema os policiais constataram que havia um mandado de prisão em aberto contra o homem. Assim, a equipe policial se deslocou até o local de trabalho do agressor.

A PM prendeu o homem e encaminhou as partes para a 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

MORRO ALTO

E na noite dessa quinta (29), a PM atendeu outro caso de violência doméstica. Por volta das 20h30, os policiais se deslocaram para o local. A vítima de 26 anos disse à PM que está separada há aproximadamente 15 dias.

Alem disso, ela afirmou que nessa quinta o ex-marido de 32 anos entrou na casa dela e começou a agredi-la com socos e chutes. Conforme relato aos policiais, o agressor causou uma lesão na cabeça da ex-mulher com um capacete e em seguida fugiu com uma moto YBR Preta.

A PM encontrou o ex-marido na casa da mãe dele e deu voz de prisão ao agressor. Por fim, os policiais o encaminharam para a 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COMBATE AO CRIME

PRF apreende mais de meia tonelada de maconha em Guarapuava

MAIS UM NOME DIVULGADO

Celso Góes anuncia o novo titular da Secretaria Executiva

PRIMEIRO ESCALÃO

Rita Felchak é a primeira escolha de Celso Góes para o novo mandato

Comentários