Marido preso após agredir mulher diz que pretendia se matar

Após ingerir bebida alcoólica ele agrediu e ameaçou a mulher de morte. E confirmou à PM, que depois ia atentar contra a própria vida

Marido preso após agredir mulher diz que pretendia se matar (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Polícia Militar atendeu uma ocorrência de ameaça, lesão corporal e violência doméstica no bairro Boqueirão em Guarapuava. De acordo com a PM, por volta das 21h40, uma mulher de 57 anos anos, relatou aos policiais que o marido também de 57 anos ingeriu bebida alcoólica e ficou violento. Ela contou ainda que eles discutiram e que em determinado momento, o marido começou a agredi-la.

Conforme a mulher, ele deu tapas e ainda tentou pegá-la pelo pescoço. A vítima informou aos policiais que durante as agressões, o marido quebrou copos, jogou panelas e demais objetos no chão da casa. A mulher sofreu escoriações na mão, no pescoço e no rosto e tentou fugir da residência.

Entretanto, de acordo com o relato da vítima aos policiais, ele ainda estava bastante agressivo. E neste momento a ameaçou dizendo que se ela chamasse a polícia, assim que saísse da cadeia iria matá-la. A PM prendeu o homem e o encaminhou para a 14ª SDP.

Em um dos cômodos da casa, os policiais encontraram uma corda amarrada em uma viga do forro. Segundo relato, o agressor teria dito que após matar a esposa, iria se suicidar. Por fim, ele confirmou aos policiais que pretendia atentar contra a própria vida.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

PARCERIA

Leandre diz que Cancer Center é 'divisor de águas' e referência estadual

MAIS CONFIRMAÇÕES

Guarapuava confirma 27 novos casos de covid-19 em 24h

AULA INAUGURAL

UniGuairacá dá início às atividades da 2ª turma de mestrado profissional

Comentários