Com 39 mortos por covid-19, Guarapuava continua registrando festas

Nessa terça (8) a Polícia Militar atendeu duas ocorrências envolvendo perturbação de sossego. Em uma delas, uma mulher tentou fugir

Com 39 mortos por covid-19, Guarapuava continua registrando festas (Foto: Reprodução/Pixabay)

Mesmo com todas as medidas de prevenção, o decreto que está em vigor e o toque de recolher, a Polícia Militar continua recebendo denúncia de aglomerações e perturbação de sossego. Por volta das 18h da terça (8) a equipe da PM se deslocou até a rua Presidente Costa e Silva, no bairro Morro Alto para atender uma ocorrência desse tipo. Conforme a PM, a equipe recebeu a denúncia que uma mulher de 37 anos estaria com som excessivamente alto.

Além disso, as denunciantes informaram que tentaram contato com a mulher e foram ameaçadas. Quando a equipe chegou ao local, a mulher estava alterada e filmou a chegada da PM. Ela também pediu para que o filho dela filmasse. No momento, a equipe solicitou que desligassem o celular e atendessem os policiais. No entanto, a mulher ergueu o tom de voz e disse que ninguém levaria o aparelho de som dela.

Diante dos fato e no interesse na representação das solicitantes, a PM apreendeu o aparelho de som e um notebook. Por fim, quando a equipe informou que a mulher seria conduzida pelo crime, ela tentou fugir pelos fundos da residência, mas os policiais a alcançaram.

FESTA NO APARTAMENTO

Por volta das 23h do mesmo dia, uma equipe se deslocou até a rua Senador Pinheiro Machado, no bairro Alto da XV para atender outra ocorrência de perturbação de sossego. Conforme a polícia, um homem relatou que os vizinhos dele, que moram no apartamento do piso superior, estariam fazendo uma festa com algazarra e gritaria. Além disso, informou que os jovens de 23 anos e 21 anos costumam fazer isso. Diante do interesse da representação, foram conduzidos até o 16º BPM para lavratura do termo circunstanciado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

EM ALERTA

Procon de Guarapuava orienta sobre lista irregular de material escolar

MAIS UMA MORTE

Após 28 dias desde os primeiros sintomas, morre 76º paciente

TRAGÉDIA

Carro carbonizado com dois corpos é encontrado na estrada do Guairacá

Comentários