Meteorologistas preveem formação de novo ciclone extratropical

A Região não deve ser afetada pelo ciclone, entretanto, os ventos ficam intensos e pequenos volumes de chuva podem ocorrer até quarta (8)

Semana será chuvosa em Guarapuava. Novo ciclone intensifica os ventos na Região (Foto: Larissa Ortiz/RSN)

Os meteorologistas do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) preveem a formação de um novo ciclone extratropical nesta semana. De acordo com os especialistas a formação pode trazer chuva forte, com rajadas de vento intensas em parte do Estado. Em Guarapuava, a expectativa é de chuva fraca.

Logo nas primeiras horas da madrugada desta segunda (6), já foram registradas ocorrências de chuva em todo o Paraná. Em Guarapuava, a chuva deve perdurar até o fim da noite, mas os volumes não são significativos. Assim, devem somar não mais que sete milímetros. As rajadas de vento chegam a 42 Km/h.

CICLONE EXTRATOPICAL

Conforme a previsão dos meteorologistas, amanhã (7), um sistema de baixa pressão atmosférica começa a desenvolver outro ciclone extratropical no Rio Grande do Sul. A previsão informa que a metade Sul do Paraná pode ser a mais atingida. Além disso, a partir da tarde, devem ser registradas chuvas fortes com raios e ventos intensos, principalmente nas cidades que fazem divisa com Santa Catarina.

Ainda de acordo com os dados, a Região de Guarapuava não deve ser afetada e a previsão é de pouca chuva. Segundo o Simepar, o volume esperado para o dia é de 0,2 milímetros. Entretanto, os ventos ganham intensidade e podem chegar a 65 Km/h. O céu fica encoberto, mas as temperaturas não são mudam. Os termômetros variam entre 14ºC e 23ºC.

Na quarta (8), os ventos continuam intensos e o volume de chuva deve ser maior. A expectativa é que sejam registrados no mínimo 11 milímetros de precipitação. As temperaturas caem e ficam entre 9ºC e 18ºC. Na quinta (9), não deve chover e os ventos perdem força, não ultrapassando 24 Km/h. Além disso, as temperaturas caem e a mínima esperada para o dia é de 5ºC.

Na sexta (10), a expectativa é de que a estabilidade atmosférica volte à Região. O sol deve aparecer logo nas primeiras horas da manhã. Entretanto, o dia deve ser gelado. A mínima prevista é de 3ºC e a máxima não ultrapassa os 18ºC no meio da tarde.

ALERTA DO INMET

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), divulgou nesta segunda (6) um alerta de perigo para os Estados do Sul. De acordo com a previsão do instituto, podem ocorrer ventos entre 60 e 100 Km/h. Além disso, podem correr registros de queda de granizo em algumas Regiões.

Ainda conforme a previsão, os volumes de chuva podem chegar em 100 milímetros no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. E ainda, pode haver corte de energia, queda de árvores e estragos em plantação.

PRIMEIRO CICLONE

Na semana passada, um ciclone extratropical causou muitos estrados no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. No Paraná, de acordo com os dados da Defesa Civil, 70 cidades registraram estragos. Parte da população relatou corte de energia e água.

Além disso, diversas árvores foram arrancadas com a força do vento e caíram sobre ruas, avenidas, carros e casas. Quase uma semana depois, as cidades ainda trabalham para recuperar os estragos, abrigar famílias e restabelecer serviços de fornecimento de energia elétrica e abastecimento de água.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

AJUDA URGENTE

'Vidas por Vidas' faz rifa solidária para não fechar as portas

TURISMO RELIGIOSO

Caminho da fé: estações da Via Sacra estão em fase final de construção

SONHO REALIZADO

Governo regulamenta terras de pequenos produtores em Candói

Comentários