Ministro inaugura obras no aeroporto de Foz do Iguaçu nesta sexta

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, representantes da Infraero e diretores da Itaipu participam da solenidade em Foz do Iguaçu

Aeroporto de Foz do Iguaçu (Foto: Divulgação/Itaipu)

As obras de modernização e ampliação do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, serão inauguradas nesta sexta-feira (28). O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, participa da solenidade. De acordo com a Itaipu, ele vai também assinar a ordem de serviços para ampliação da pista de pouso e decolagem. Assim, permitirá que o terminal receba aviões de grande porte, em voos intercontinentais.

Conforme a Itaipu Binacional  o valor do contrato assinado com a construtora pela Infraero é de R$ 53,9 milhões, dos quais a Itaipu entrará com R$ 43,1 milhões (80% do custo).  Conforme as informações, a empresa também pagou pela duplicação dos 800 metros da pista que liga o aeroporto à BR-469.

A obra deve ser concluída até meados deste ano. Além do alargamento das pistas, serão criadas alças de retornos e acostamentos. Haverá, ainda, uma ciclovia, passarelas de pedestres e abrigos de ônibus.

MODERNIZAÇÃO

Fazem parte da inauguração a modernização e as obras na área interna do terminal, que estão praticamente concluídas desde dezembro do ano passado. As ações incluíram ampliação das salas de embarque e desembarque, instalação de esteiras de restituição de bagagem na área e de quatro novas pontes de embarque. As melhorias resultaram na ampliação do saguão do terminal e nos setores de check-in e inspeção.

De acordo com a Infraero, a capacidade do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu saltou dos atuais 2,5 milhões para 5 milhões de passageiros ao ano. As salas de embarque, que tinham 900 metros quadrados, passaram para 5,4 mil metros quadrados. O valor inicial do investimento foi R$ 32,650 milhões, em recursos da Infraero e da Itaipu Binacional.

AMPLIAÇÃO DA PISTA

No começo deste mês, o Diário Oficial da União trouxe a publicação do “extrato de contrato” para a elaboração do projeto executivo e das obras e serviços referentes à ampliação da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional das Cataratas, em Foz do Iguaçu. Conforme a Itaipu Bi Nacional, o prazo das obras é de 515 dias, um ano e meio, a partir da assinatura da ordem de serviço, nesta sexta-feira.

Assim, com a ampliação da pista, o terminal poderá receber aviões de grande porte, com condição de fazer voos diretos, sem escalas, para destinos na Europa e na América do Norte. Com isso, Foz do Iguaçu ficará mais acessível aos turistas dessas regiões, o que deverá contribuir para o incremento do turismo na região de fronteira.

Conforme as informações, OoAeroporto Internacional de Foz do Iguaçu deverá ser o primeiro sustentável do País e será piloto para outros terminais do Brasil. Para atender a requisitos de sustentabilidade, haverá geração de energia por painéis fotovoltaicos, será feita a gestão de resíduos sólidos e a água da chuva será captada. Entre outras ações, o terminal contará também com um eletroposto, para o abastecimento de veículos elétricos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

DE 'DAR ÁGUA NA BOCA'

Como já é tradição, hoje (26) tem pastel da Catedral em Guarapuava

NOVA 'EXPLOSÃO'

'Explosão da covid-19': Guarapuava confirma 110 casos e a 30ª morte

NÃO ACABOU

5ª Regional perde posto de menor índice de contaminação do PR

Comentários