Morretes e seus atrativos de turismo rural

Um tour de pouco mais de 30 quilômetros nessas estradas reserva banhos de rio, travessia de carro no rio, cachoeira e trilhas

Ekoa Park em Morretes (Foto: Reprodução/Dicas de Viagem)

Morretes tem um histórico rural, chegou a ser um dos maiores exportadores de gengibre do mundo, e seus caminhos pelo interior. Um tour de pouco mais de 30 quilômetros nessas estradas reserva banhos de rio, travessia de carro no rio, cachoeira, trilha a pé e eventualmente um roteiro de bike – o primeiro roteiro certificado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) fica em Morretes.

Assim, o passeio completo precisa de um carro 4×4 e é feito pela Serra Verde Express, empresa que administra o trem entre Morretes e Curitiba. Já são seis caminhonetes destinadas a percorrer as belezas do interior da cidade.

Ekoa Park (Foto: Divulgação)

“Morretes já foi uma cidade agrícola muito forte. Ainda se encontra produção de mandioca, maracujá, chuchu, e legumes e verduras que abastecem o Ceasa de Curitiba. Essa história é parte do passeio, que mostra a estação de captação da água no município e todo o Pico Marumbi ao fundo”, conta Tiago Choinski, gerente do escritório da Serra Verde Express em Morretes e diretor de projetos da Agência de Desenvolvimento do Turismo Sustentável do Litoral do Paraná.

ATRATIVOS

O passeio começa no bairro Ponte Alta, onde há uma igreja de época e uma propriedade com criação de truta que em breve entrará no roteiro. Nos bairros América de Cima, América de Baixo, Pantanal e Cascatinha, em seguida, há casa com criação de répteis, espaço de yoga, tanques para pesca, canchas de bocha, campos de futebol, condomínios de chácaras, uma ponte pênsil e muitos riachos. A parada para banho costuma acontecer na ponte do Rio Marumbi. A visitação se encerra com o carro dentro d’água no Rio do Pinto.

Além disso, o Pico Marumbi é cenário de todo o passeio. Atualmente são duas opções de subida e a mais prática é justamente saindo de Morretes. O pico é considerado o berço de montanhismo no País, com registros desde 1879. Os oito cumes que formam a cadeia de montanhas são Abrolhos, Esfinge, Ponta do Tigre, Torre de Sinos, Gigante, Olimpo, Boa Vista e Facãozinho. O ponto mais alto (1.539 metros) é o Olimpo, cujo nome homenageia seu conquistador, Joaquim Olímpio de Miranda.

Esculturas do Parque (Foto: Reprodução)

EKOA PARK 

Morretes ainda conta com o Ekoa Park, paraíso ecológico dentro da maior área contínua remanescente de Mata Atlântica. É uma área privada destinada ao lazer, entretenimento, educação ambiental e desenvolvimento profissional. O parque conta com arvorismo, trilhas (a Peabiru, que ligou o Brasil ao Peru, e uma até a torre de observação de pássaros), voo de balão, tirolesa de 160 metros e um túnel sensorial no meio da mata.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS CONFIRMAÇÕES

Saúde confirma 14 novos casos de covid-19 em Guarapuava

AJUDE O PROJETO

Projeto Anjos Inocentes precisa de doações para construção da nova sede

FIQUE ATENTO!

Fies disponibiliza 50 mil vagas remanescentes para o 2º semestre

Comentários