MP quer que Câmara exonere comissionados

Pinhão – A Promotora de Justiça Juliana Vanessa Stofela da Costa enviou oficio ao presidente da Câmara, vereador Denilson José de Oliveira (PT-foto) fazendo uma recomendação administrativa para que o presidente exonere os servidores comissionados dentro de 45 dias.
A Câmara de Pinhão possui hoje 15 cargos em comissão sendo: 4 chefes de sessão com salário de R$ 1.496,03, 1 assessor administrativo, 1 assessor de comunicação e 9 assessores parlamentares com salários de R$ 1.068,58. A Câmara possui mais 11 cargos efetivos.
Denilson de Oliveira disse à Rede Sul de Notícias que está examinando a recomendação judicial com o assessor juridico e demais vereadores para ver qual será a decisão que será tomada.

Relacionadas

AGORA FOI

Bolsonaro anuncia Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

DESENVOLVIMENTO

Novo contorno rodoviário consolida Pato Branco como polo do Sudoeste

MOBILIZAÇÃO

Campanha nacional "Fora, Bolsonaro" tem início nesta sexta (10)

Comentários