MP-PR vai investigar Traiano e Plauto

Os dois deputados foram citados na delação do dono da Valor

(Foto: Reprodução)

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) irá investigar os deputados estaduais Ademar Traiano (PSDB) e Plauto Miró Guimarães, no âmbito da Operação Quadro Negro. Há suspeitas de que o presidente e o primeiro secretário da Assembleia Legislativa do Paraná, respectivamente, tenham sido beneficiados pelo desvio de recursos de obras de escolas que, embora tenham sido pagas à Construtora Valor, não foram construídas. O valor estimado do desvio é de R$ 20 milhões.

Os dois deputados foram citados pelo empreiteiro Eduardo Lopes, dono da Valor, e o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) autorizou as investigações.

Relacionadas

QUALIFICAÇÃO

Abertas as inscrições para seleção de alunos para curso de guarda-vidas

RIQUEZA DO CAMPO

Produção de cevada pode crescer 11% este ano no Paraná

CUIDADO COM O GOLPE

Receita do Paraná alerta para tentativa de golpe via e-mail

Comentários