Mulher é agredida por moradora de rua em Guarapuava

A mulher se negou a comprar doces que a moradora de rua estava comercializando. A vítima foi agredida com chutes, socos e empurrões

Moradora desacatou os policiais (Foto: Arquivo/RSN)

Uma moradora de rua de 26 anos agrediu uma mulher de 42 anos na tarde dessa quarta (11) no Centro de Guarapuava. A situação registrada pela Polícia Militar ocorreu em frente a agência da Caixa Econômica Federal na rua Marechal Deodoro.

De acordo com as informações, a moradora de rua agrediu a mulher com tapas, socos e empurrões. Além disso, ela teve as roupas rasgadas e precisou pedir ajuda em uma lanchonete próxima. No endereço, a polícia soube que a moradora de rua agride as pessoas quando elas se negam a comprar os doces que ela vende.

Desse modo, a moradora de rua desacatou os policiais que fizeram uso de força para contê-la. Por fim, a PM encaminhou a agressora para o 16º Batalhão de Polícia Militar para lavratura de Termo Circunstanciado.

OPERAÇÃO PRESENÇA

A Polícia Militar deflagrou a ‘Operação Presença’ no dia 7 de outubro, para conter pessoas que estão pedindo dinheiro e causando desordem na Região central em Guarapuava. Conforme a PM, a ação ocorreu durante a manhã, na praça 9 de Dezembro, local em que eles se reúnem e bebem em via pública.

Sete dias depois, a PM deu continuidade na ação em outros pontos da cidade. Por fim, a orientação da polícia é de que a população não faça doações em dinheiro.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Guarapuava registra 92 novos casos de covid-19 e governador faz apelo

VAMOS ESTUDAR?

UniGuairacá promove simulado gratuito para o Enem

ADOTE E FAÇA O BEM

Crianças enviam cartinhas emocionantes para Papai Noel dos Correios

Comentários