Mulher pede socorro depois de ser agredida em Guarapuava

Ela estava em via pública durante a madrugada desta quarta (18) com a filha de dois anos no colo. A polícia prendeu o marido dela

Ela ficou ferida e precisou de atendimento médico (Foto: Reprodução/Pixabay)

Uma mulher de 23 anos foi obrigada a pedir socorro em via pública com a filha de dois anos nos braços, depois de ser agredida pelo marido de 25 anos. Os vizinhos acionaram a polícia quando ouviram a jovem pedindo por socorro por volta das 2h da madrugada desta quarta (18) no bairro Santa Cruz em Guarapuava.

No local, a PM encontrou a mulher que contou que teve um desentendimento com o marido. Além disso, ela relatou que ele bateu nela e também no pai dela de 75 anos. De acordo com a polícia, ela estava com a mão ferida e disse que teria se cortado em um caco de vidro. A mulher também tinha ferimento no joelho.

Depois disso, a equipe encontrou o homem dentro da casa. Conforme as informações, o agressor também sofreu ferimentos. Ele tinha cortes nos braços e hematomas no pescoço. Por fim, a mulher recebeu atendimento médico na Upa do Batel. O homem dispensou atendimento médico, e acabou preso e encaminhado para a 14ªSDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

AFOGAMENTO

Bombeiro suspende buscas no Parque do Lago em Guarapuava

Em nota, Câmara desmente PL para 'fechar' o voto na eleição da Mesa

TRISTEZA

Corpo de Bombeiros faz buscas por corpo de jovem no Parque do Lago

Comentários