Número de mortes de ciclistas aumenta quase 50% em 2018

Audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná debateu o assunto

*Reportagem com áudio (Por Barbara Passos/Alep)

(Foto: Reprodução/Pixabay)

O depoimento emocionado é do pai do ciclista Chrystian Deina, de 25 anos, que morreu em um acidente de trânsito. Ele foi atropelado enquanto pedalava, em novembro do ano passado, em um cruzamento próximo ao terminal do Campo Comprido, em Curitiba.

O jovem faz parte de uma grave estatística: dados divulgados neste mês pelo Detran mostram que 144 ciclistas morreram em acidentes de trânsito no Paraná em 2018. Em 2017, foram 98 mortes registradas, ou seja, o aumento do número deste tipo de caso foi de 47%.

A pesquisa foi discutida na manhã desta quarta (8), durante a audiência pública, promovida pelos deputados Delegado Recalcatti (PSD) e Goura (PDT), sobre a campanha Maio Amarelo, na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP). Recalcatti explicou o motivo da reunião.

A campanha internacional Maio Amarelo foi criada pela Organização das Ações Unidas (ONU), em 2011, para chamar a atenção para o alto índice de acidentes de trânsito no mundo. A proposta inclui, além de debates sobre o tema, mobilizações de órgãos do governo, empresas, entidades de classe e representantes da sociedade civil organizada, de 27 países, durante o mês inteiro.

A cor amarela foi escolhida por simbolizar a atenção, segundo a ONU. O Ministério da Saúde aponta que cerca de 60% dos leitos hospitalares brasileiros são ocupados por vítimas do trânsito. Ainda há mais dados que preocupam: aqui, no Paraná, o Detran indica que as mortes de motociclistas, nas ruas e nas estradas, aumentaram 3% em 2018.

E, apesar do número total de mortes em acidentes de trânsito ter diminuído 8%, de 2.547 pessoas para 2.338, de 2017 para o ano passado, o deputado Goura afirma isto não é motivo para comemorações.

Relacionadas

VACINAÇÃO

Hoje (24) é comemorado o 'Dia Mundial de Combate à Poliomielite'

COLÉGIO MILITAR

Anúncio do governador na segunda (26) gera expectativa em Guarapuava

NOVAS REGRAS

PRF informa sobre regras para quem vai passar pela Ponte da Amizade

Comentários