Obra de ponte abre mil vagas de emprego em Foz do Iguaçu

Será a segunda ponte entre o Brasil e o Paraguai (Foto: Divulgação/Itaipu)

Ponte entre o Brasil e o Paraguai, em Foz do Iguaçu (Foto: Divulgaçãpo Itaipu Binacional)

As agências do Trabalhador de Foz do Iguaçu e Região vão intermediar mil vagas de emprego para a construção da segunda ponte entre o Brasil e o Paraguai, em Foz do Iguaçu. A parceria foi alinhada entre a Secretaria de Justiça, Família e Trabalho e o consórcio vencedor para execução da obra. As vagas serão disponibilizadas para os cargos de técnico administrativo, auxiliar de serviços gerais, almoxarife e engenheiro. A previsão é que construção seja concluída em três anos.

A abertura dos postos de trabalho depende da definição do cronograma para a realização da obra por parte das empresas. A expectativa é que aconteça ainda este ano, de acordo com o gerente do consórcio, Osman Bove.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, se reuniram na semana passada em Foz do Iguaçu para acertar detalhes do contrato de gestão da obra da segunda ponte ligando Brasil e Paraguai. A Ponte da Integração e uma via perimetral custarão R$ 462 milhões para a hidrelétrica e a administração das obras ficará a cargo do Governo do Estado.

 

Relacionadas

PARANÁ MAIS VERDE

Professores plantam mudas de árvores em manancial de água de Pitanga

NÃO PARA

Saúde de Irati registra mais uma morte por covid-19

VAMOS PARTICIPAR?

Oficina on-line de ginecologia natural ocorre neste sábado (28)

Comentários