‘Operação Contaminatus’ combate contrabando de cigarros e agrotóxicos em cinco Estados

PF deve cumprir oito mandados de prisão e 17 de busca e apreensão

(Foto: Divulgação)

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta (27) a ‘Operação Contaminatus’ dando cumprimento a mandados judiciais, expedidos pela 1ª Vara Federal de Guaíra, a serem cumpridos nos Estados do Paraná (Guaíra, Curitiba, Terra Roxa e Umuarama), Mato Grosso do Sul (Mundo Novo), Mato Grosso (Sinop), Pará (Novo Progresso) e Tocantins (Paraíso do Tocantins).

Cerca de 80 policiais federais participam da ação para cumprir oito mandados de prisão preventiva e 17 mandados de busca e apreensão, além do sequestro e indisponibilidade de bens, propriedades e contas bancárias de diversos investigados.

O objetivo da Operação é desbaratar uma organização criminosa, cujos principais líderes residem na região de Guaíra, e é especializada em contrabandear e distribuir cigarros e agrotóxicos de origem paraguaia em vários Estados do Brasil.

Ao longo do período investigativo, foi identificada a existência de empresas fundadas especificamente com o objetivo de expedir notas fiscais, para dar ares de legalidade ao transporte dos produtos contrabandeados. O nome “CONTAMINATUS”, que significa contaminado em latim, faz referência ao uso de agrotóxicos proibidos em lavouras no Brasil e ao modo de operação do grupo criminoso.

Relacionadas

INDECISO

Bolsonaro diz que vai revogar decreto sobre participação privada no SUS

CARTA DE IMPEACHMENT

Em carta, preso pede a Maia processo de impeachment contra Bolsonaro

CONSTRUÇÃO CIVIL

Construção civil apresenta inflação de 1,69% em outubro, diz FGV

Comentários