Osnei recusa dinheiro do Fundo Eleitoral de Campanha em Prudentópolis

Candidato a prefeito, Osnei disse que a utilização de recursos públicos em campanha eleitoral vai contra princípios éticos e morais

Osnei recusa dinheiro do Fundo Eleitoral de Campanha em Prudentópolis (Foto: Divulgação)

O candidato a prefeito de Prudentópolis, Osnei Stadler (DEM) recusou o recurso do Fundo Especial de Financiamento de Campanha. Esse dinheiro poderia ser utilizado para o custeio de gastos da campanha eleitoral.

De acordo com a lei, esse fundo é constituído por dotações orçamentárias da União, multas, penalidades, doações e outros recursos financeiros que lhes forem atribuídos por lei. Portanto, trata-se de dinheiro público. De acordo com Osnei, a recusa em utilizar o recurso está justamente nessa origem. “Tenho uma convicção pessoal, faz parte do meu princípio ético e moral. Então, acredito que não é correta a utilização do dinheiro público para as campanhas eleitorais. Como vice-prefeito, sempre tive respeito ao dinheiro público. E, agora, como candidato, não seria diferente”

LACRAÇÃO

(Foto: arquivo/RSN)

A Justiça Eleitoral de Guarapuava já marcou a data para a lacração das urnas. Conforme o cronograma, será na quinta (5) e na sexta (6). De acordo com as informações, participarão da cerimônia representantes de partidos políticos e coligações. Além do Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil.

O RETORNO DOS MESMOS

(Foto: arquivo/RSN)

Quem espera renovação no quadro de vereadores em Guarapuava pode se decepcionar. A julgar pelas campanhas que se apresentam por aí, há candidatos que estão com estrutura semelhante a de prefeito. Equipe de marketing, de redes sociais, vídeos e outras ferramentas são utilizadas para o convencimento do eleitor. De acordo com ‘analistas políticos’ de plantão, entre oito e 13 dos atuais 21 vereadores, devem voltar ao Legislativo para mais um mandato. Assim, para reverter essa possibilidade, apenas o voto do eleitor.

CORAL DOS ANJOS CALA A VOZ

(Foto: Secom/Prefeitura)

Além disso, Guarapuava neste ano ficará sem o espetáculo oferecido por cerca de três mil vozes infantis. O ‘Coral dos Anjos’ estará calado neste Natal, por conta da pandemia. Entretanto, para que o clima natalino esteja no ar, imagens de anjos gigantes e iluminados darão um toque especial a um dos principais pontos turísticos da cidade.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ENTRE MULHERES

As duas mulheres que podem administrar a 'Princesa dos Campos Gerais'

ELEIÇÕES

Mabel Canto descarta apoio do PT no segundo turno em Ponta Grossa

Esquerda disputa a maior capital da América Latina

Comentários