Paraná estuda parceria com província polonesa

Um termo foi assinado em 2010, renovado em 2015 e vence em outubro deste ano. Segundo Grabowski, o início da cooperação trouxe bons resultados

O Governo do Paraná deu início nesta quarta-feira (05) às negociações para a continuidade de um termo de cooperação técnica com a Província de Wiekopolska, na Polônia. O governador Carlos Massa Ratinho Junior encontrou-se com a comitiva de poloneses, liderada pelo vice-governador da região, Krzysztof Grabowski, para iniciar os contatos. - Cascavel, 05/02/2020 - Foto: Rodrigo Félix Leal/AEN

Primeiro acordo foi assinado em 2010 e vence este ano. Comitiva polonesa visitou o Estado com vistas a renovar a cooperação (Foto: AENPr)

O Governo do Paraná deu início nesta semana às negociações para a continuidade de um termo de cooperação técnica com a Província de Wiekopolska, na Polônia. Assim, o governador Carlos Massa Ratinho Junior encontrou-se com a comitiva de poloneses, liderada pelo vice-governador da região, Krzysztof Grabowski, para iniciar os contatos.

“A colonização polonesa é muito forte aqui no Estado. Vamos estreitar esse relacionamento e ampliar as parcerias”, disse Ratinho Junior. Antes, o vice-governador Darci Piana já havia se reunido com a comitiva e delegou à Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes a tarefa de identificar em que setores a parceria pode ser ampliada.

Além disso, um termo foi assinado em 2010, renovado em 2015 e vence em outubro deste ano. Segundo Grabowski, o início da cooperação trouxe bons resultados com várias missões econômicas da Polônia visitando o Paraná e São Paulo. Com o decorrer do tempo, as relações ficaram menos intensas. “Agora queremos prolongar o acordo e intensificar os contatos”, afirmou.

No novo termo, que já começou a ser traçado a partir das conversas que a comitiva fez durante a visita, a inclusão do setor agropecuário foi pedida pelos poloneses. Ela não constava do acordo inicial. Conhecer o trabalho que o Paraná faz nessa área foi o motivo da escolha do período do Show Rural, em Cascavel, para visitar o Estado.

“Temos interesse em renovar o acordo e dar continuidade ao trabalho inicial, que foi próspero, e que possamos voltar a ter intercâmbio mais intenso”, reforçou Piana.

AGRICULTURA

Na terça (4), a comitiva reuniu-se com o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e com o presidente da Cooperativa Coopavel, Dilvo Grolli, organizadora do Show Rural. Foi passada uma visão geral de como o agronegócio paranaense tem conquistado cada vez mais mercados com produtos de qualidade.

“Nós agradecemos a possibilidade de visitar a feira que realmente é imponente, não só por causa da área que ela ocupa, mas também pelo número de visitantes e expositores”, disse o vice-governador polonês. Além do Show Rural, eles conheceram várias iniciativas agropecuárias paranaenses tanto em áreas rurais quanto urbanas.

Na quarta (5), além do vice-governador do Paraná também participou da reunião o secretário de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge.

Grabowski acentuou que agora é um momento importante para renovar o acordo em razão das boas relações que os dois países desenvolveram. “Nós estamos no ano em que celebramos o aniversário de 100 anos das relações entre Polônia e Brasil”, afirmou.

COMITIVA

Além do vice-governador, fazem parte da comitiva polonesa o vice-presidente do Parlamento da Província, Jaroslaw Maciejewski; a diretora do Departamento da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Monica Pacznska. Ainda a diretora do Departamento de Programas de Desenvolvimento Rural, Izabela Mroczek. Além da secretária de Cooperação Internacional responsável pelas relações com a América Latina, Paulina Stocka; e a intérprete Grazyna Alves Swiatkowska.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SEGUNDO TURNO

Professora Elizabeth é a prefeita eleita em Ponta Grossa

COLHEITA FARTA

Produtor de cevada comemora colheita, qualidade e preço

ELEIÇÕES 2020

Segundo turno em Ponta Grossa pode ter recorde de abstenções

Comentários