Campanha de vacinação segue até 30 de outubro (Foto: Arquivo/RSN)

A Secretaria de Estado da Saúde recebeu 95 mil doses extras da vacina pentavalente. De acordo com a Sesa, os lotes dos insumos foi enviado para regularizar a quantidade reduzida de doses em períodos anteriores. A penta protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e a bactéria Haemophilus influenza tipo B.

Conforme a Sesa, trata-se de uma das vacinas que constam na Campanha de Multivacinação do Governo Federal. Segue segue até o dia 30 de outubro. Além da penta, a campanha prevê a regularização da caderneta de vacinação de crianças e adolescentes. E também incentiva a vacinação contra o sarampo e a poliomielite.

O secretário da Saúde, Beto Preto, reforça a necessidade da vacinação em grande escala. “Estamos vivendo uma pandemia que pode ser resolvida por meio de vacinas, que infelizmente ainda não temos. Portanto, esse insumo é uma solução para diversos problemas e precisamos aproveitar as vacinas que o SUS disponibiliza”.

O Ministério da Saúde tem sido parceiro do Paraná em soluções que envolvem otimização de insumos e produtos, inclusive durante a pandemia pelo novo coronavírus. O secretário Beto Preto reiterou a demanda pelas doses de pólio ao Paraná ao secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, do MS.

CAMPANHA

As campanhas de vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação seguem em todo Paraná até o dia 30 de outubro, dirigidas às crianças e adolescentes.

“Todos os municípios estão abastecidos das vacinas e os profissionais preparados para receber o público de 12 meses a menores de 15 anos de idade”, disse o secretário da Saúde Beto Preto.

A campanha de vacinação contra a poliomielite tem como público alvo as crianças a partir de 12 meses a menores de 5 anos.  A campanha de Multivacinação oferta 14 tipos de vacinas para crianças e adolescentes. São vacinas contra: sarampo, meningite, rubéola, caxumba, difteria, tétano, pneumonia e diarreia, entre outras.

Leia outras notícias no Portal RSN.