Parque Vila Velha segue com horário especial de visitação até terça (25)

Nas terças o local, que permanece fechado para manutenção, também estará aberto para os visitantes. A Unidade de Conservação é uma opção de lazer

Parque Vila Velha fica em Ponta Grossa (Foto: AENPr)

O Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, está com horário especial desde a última sexta (21) e até esta terça (25). Assim, os turistas  ainda podem visitar o parque, das 8h30 às 15h30, pagando valor único de R$ 28 por pessoa.

Nas terças o local, que permanece fechado para manutenção, também estará aberto para os visitantes. A Unidade de Conservação é uma opção de lazer para o público que deseja fugir do agito da cidade e das festas de carnaval e contemplar a natureza e curtir aventuras diferenciadas.

VALORES

Será cobrando valor único a partir de 6 anos de idade: Arenitos (R$10) + Furnas e Lagoa Dourada (R$8) + taxa do guia (R$10). O passeio de Arenitos, Furnas e Lagoa Dourada tem direito a meia-entrada para estudantes, funcionários públicos do Estado, doadores de sangue ou moradores de Ponta Grossa mediante documento de comprovação e é isento para menores de 6 anos e maiores de 60 anos).

O passeio de Furnas e Lagoa Dourada possui lotação em cada horário, por isso a administração do parque recomenda que os visitantes cheguem cedo. O Parque possui capacidade de carga diária de 800 pessoas, caso atinja esse limite, poderá ser fechado antes do horário habitual que é 15h30.

Os passeios são promovidos pelo Instituto Água e Terra (IAT) em conjunto com guias e condutores de ecoturismo.

PARQUE

O Parque Estadual de Vila Velha foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, tem mais de três mil hectares e diversas atrações, entre elas os Arenitos, Furnas e a Lagoa Dourada.

Entre a fauna presente no parque, já foram encontradas muitas espécies endêmicas e ameaçada de extinção, como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CRIME AMBIENTAL

Aplicação de inseticida mata abelhas em comunidade em Turvo

AJUDA URGENTE

'Vidas por Vidas' faz rifa solidária para não fechar as portas

TURISMO RELIGIOSO

Caminho da fé: estações da Via Sacra estão em fase final de construção

Comentários