Perdeu a oportunidade

Guarapuava – O empresário Celso Goes perdeu a oportunidade de debater abertamente a instalação de um campus da Universidade Tecnológica Federal em Guarapuava durante o pronunciamento do deputado federal Cezar Silvestri, nesta segunda-feira, na sessão da Câmara. O empresário não compareceu na Câmara.
Celso Goés vem sendo o maior crítico da não criação da Universidade no município e já anunciou por meio de sua assessoria que vai distribuir 10 mil panfletos e cartazes sobre o assunto em Guarapuava e região.
O deputado diz que o empresário se confundiu ao dizer que Guarapuava não poderá mais ter um campus da Instituição federal.
De acordo com Silvestri, Celso Góes se equivocou ao abordar o assunto em se tratando dos Institutos Federais de Educação e Tecnologia (IFETS), instituições que substituem os antigos Cefets, extintos pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Comentários