Pinhão acende ‘sinal vermelho’ após 4 casos positivos em uma semana

Pinhão se mantinha há dois meses com dois casos positivos. Porém, casos aumentaram e prefeitura volta a fazer controle com rigor

Pinhão acende ‘sinal vermelho’ após 4 casos positivos em uma semana: prefeito Odir e secretário de Saúde, Ivonei (Foto: Reprodução/facebook)

O prefeito Odir Gotardo e o secretário de Saúde, de Pinhão, Ivonei de Oliveira, acenderam o ‘sinal de vermelho’ na noite desta segunda (8) no município. De acordo com o secretário, pós dois meses com apenas dois casos positivos,  o município registrou quatro casos positivos na última semana, somando agora seis casos.

De acordo com Ivonei de Oliveira, a proximidade com municípios que estavam positivando casos com rapidez preocupante. é uma das preocupações. Soma-se a isso, a chegada do frio que facilita a incidência de doenças respiratórias.

O secretário de Saúde refere-se aos municípios de Reserva do Iguaçu, Foz do Jordão e, principalmente Coronel Domingos Soares, onde os casos avançam rapidamente. “As pessoas desses municípios interagem e isso nos preocupa ainda mais”.

BARREIRA CHAMA A ATENÇÃO

Por isso, o município implantou a partir desta segunda, barreiras sanitárias nos três acessos do município. “Também intensificamos a fiscalização nas ruas e no comércio”.

Conforme o prefeito Odir Gotardo, desde o início da pandemia a Prefeitura tomou as medidas necessárias, incluindo o fechamento do comércio. “As pessoas, os comerciantes entenderam esse momento, mas o momento mais crítico que estamos vivendo é o atual. Por isso, vamos fazer um controle cada vez mais intenso, pois não existe medicamento que possa curar a doença”. Conforme o prefeito, o único remédio é seguir as orientações e manter o isolamento social. “Por mais que se diga isso diariamente, vamos continuar falando para evitar tristeza mais tarde”.

Entretanto, a estrutura oferecida pelo hospital que é referência para a Região, o São Vicente em Guarapuava, é também uma das preocupações da Saúde de Pinhão. “Se de repente começar a ter casos positivos em massa nos municípios da região a estrutura que temos não será suficiente”. Assim, mais uma vez há o clamor para que as pessoas cumpram os protocolos da covid-19. “Percebemos que o índice de isolamento social caiu bastante e a nossa maior preocupação é que o vírus comece a se propagar descontroladamente”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

CORRUPÇÃO DE INCAPAZ

Motorista sem CNH estava com adolescentes alcoolizadas no carro

MORTE NA RODOVIA

Colisão frontal deixa um morto na PR-466 em Pitanga

CONSUMO CONSCIENTE

Consumo excessivo e capacidade esgotada deixam LS sem água

Comentários