Pinhão acende ‘sinal vermelho’ após 4 casos positivos em uma semana

Pinhão se mantinha há dois meses com dois casos positivos. Porém, casos aumentaram e prefeitura volta a fazer controle com rigor

Pinhão acende ‘sinal vermelho’ após 4 casos positivos em uma semana: prefeito Odir e secretário de Saúde, Ivonei (Foto: Reprodução/facebook)

O prefeito Odir Gotardo e o secretário de Saúde, de Pinhão, Ivonei de Oliveira, acenderam o ‘sinal de vermelho’ na noite desta segunda (8) no município. De acordo com o secretário, pós dois meses com apenas dois casos positivos,  o município registrou quatro casos positivos na última semana, somando agora seis casos.

De acordo com Ivonei de Oliveira, a proximidade com municípios que estavam positivando casos com rapidez preocupante. é uma das preocupações. Soma-se a isso, a chegada do frio que facilita a incidência de doenças respiratórias.

O secretário de Saúde refere-se aos municípios de Reserva do Iguaçu, Foz do Jordão e, principalmente Coronel Domingos Soares, onde os casos avançam rapidamente. “As pessoas desses municípios interagem e isso nos preocupa ainda mais”.

BARREIRA CHAMA A ATENÇÃO

Por isso, o município implantou a partir desta segunda, barreiras sanitárias nos três acessos do município. “Também intensificamos a fiscalização nas ruas e no comércio”.

Conforme o prefeito Odir Gotardo, desde o início da pandemia a Prefeitura tomou as medidas necessárias, incluindo o fechamento do comércio. “As pessoas, os comerciantes entenderam esse momento, mas o momento mais crítico que estamos vivendo é o atual. Por isso, vamos fazer um controle cada vez mais intenso, pois não existe medicamento que possa curar a doença”. Conforme o prefeito, o único remédio é seguir as orientações e manter o isolamento social. “Por mais que se diga isso diariamente, vamos continuar falando para evitar tristeza mais tarde”.

Entretanto, a estrutura oferecida pelo hospital que é referência para a Região, o São Vicente em Guarapuava, é também uma das preocupações da Saúde de Pinhão. “Se de repente começar a ter casos positivos em massa nos municípios da região a estrutura que temos não será suficiente”. Assim, mais uma vez há o clamor para que as pessoas cumpram os protocolos da covid-19. “Percebemos que o índice de isolamento social caiu bastante e a nossa maior preocupação é que o vírus comece a se propagar descontroladamente”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

EXEMPLO

Bituruna economiza R$ 800 mil com redução de salários na pandemia

VIOLÊNCIA

Homem é condenado por abusar da enteada por dois anos

INSPIRAÇÃO

Projeto do grupo turvense Gralha Azul é premiado internacionalmente

Comentários