Pinhão regulariza novas indústrias familiares

Objetivo é gerar renda no campo e movimentar o comércio na cidade

(Foto: Ascom/Prefeitura de Pinhão)

A produção da agricultura familiar está ganhando mercado na atual administração do município de Pinhão. Depois dos resultados positivos apresentados com o primeiro abate de 100 frangos na Agroindústria Familiar Recanto Feliz, localizada na Vila Rural, a prefeitura dá novo passo para incentivar o modelo de industrialização e aumentar a geração de emprego e renda.

Atualmente duas agroindústrias familiares estão em processo de formalização: uma de embutidos na localidade de Arroio Bonito e outra de beneficiamento de mel, na comunidade de Todos os Santos. Segundo o diretor de agroindústrias de Pinhão, Sandro Nunes o objetivo é promover esse tipo de produção dentro e fora do município.

“Em breve pretendemos implantar a ‘Rota das Agroindústrias’. O objetivo é levar pessoas da nossa comunidade e de outros municípios para conhecer como é a produção destas estruturas familiares”.

(Foto: Ascom/Prefeitura de Pinhão)

De acordo com o prefeito Odir Gotardo, com o programa de incentivo às agroindústrias, várias famílias que vivem do meio rural estão agregando valor à produção e diversos produtos já podem ser encontrados nos supermercados locais.

“Ao apoiar a formalização destas agroindústrias possibilitamos que as famílias comercializem os produtos em qualquer mercado, gerando renda para o homem do campo e movimentando o comércio da cidade”.

O primeiro passo foi dado em 2017 com a atualização da lei do SIM, Sistema de Inspeção Municipal. Depois disso ocorreu a certificação e a rotulagem para as primeiras agroindústrias formalizadas no município.

Relacionadas

ALERTA

Serviço de alerta de ferrugem asiática na soja começa nesta quinta no PR

TEMPO

Apesar da chuva, Paraná ainda enfrenta a maior seca da história

VIDA LONGA À CIÊNCIA

Estudantes de colégio agrícola criam minifoguete para reflorestamento

Comentários